Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Bastidores - ( )

Por Recopa, Ibson aprova ‘antecipação’ de treinos do Corinthians

São Paulo (SP)

São Paulo e Corinthians se enfrentam no dia 3 de julho, no jogo de ida da Recopa Sul-americana. Enquanto a equipe do Morumbi optou por voltaa a treinar só na próxima semana, por causa da Copa das Confederações, o Timão retornou aos trabalhos na última segunda-feira.

Para o volante alvinegro Ibson, essa semana a mais de treinos pode fazer toda a diferença a favor do Corinthians. “É importante estar sempre trabalhando. É um clássico, uma final, e o jogo será definido nos detalhes. O importante é estar trabalhando”, disse nessa terça-feira, em entrevista coletiva concedida no CT Joaquim Grava.

O título da Recopa Sul-americana será decidido depois de dois jogos. Assim, se a venda de Paulinho for confirmada, Ibson pode ser campeão pelo Corinthians logo em sua segunda partida como titular do Corinthians, caso Tite opte por escalá-lo e a sua equipe supere o arquirrival. O volante fez a sua estreia pelo Timão em partida contra a Portuguesa, há pouco mais de dez dias, entrando só no segundo tempo.

“É algo bastante bacana pela oportunidade. Em pouco tempo já estarei disputando uma final. Vai ser difícil, mas estão todos felizes com essa possibilidade [de serem campeões]”, afirmou.

Mas, para chegar ao título, Ibson e seus colegas de Corinthians precisarão superar não apenas o São Paulo. Nessa terça-feira, os jogadores realizaram uma bateria de testes físicos. E para os próximos dias, estão marcadas novas atividades com o objetivo de melhorar o condicionamento dos do grupo e diminuir o risco de lesões – um tipo de treino que, apesar dos resultados, não faz grande sucesso entre os atletas.

“Fizemos alguns testes, que jogador não gosta muito, mas é importante. Temos duas semanas e meia para trabalhar pensando no São Paulo, e vamos focar na parte física para continuar bem a temporada”, disse. O próximo treino está marcado para as 9 horas (de Brasília), desta quarta-feira.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Ibson comemorou a chance de disputar uma final em tão pouco tempo vestindo a camisa corintiana

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade