Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa das Confederações - ( - Atualizado )

Primeiras palavras de Felipão são de alerta: "Copa é mais forte"

Rio de Janeiro (SP)

Feliz, é claro, mas sem excessos. Minutos depois de vencer a Espanha por 3 a 0 e conquistar a Copa das Confederações, neste domingo, Luiz Felipe Scolari foi cauteloso na comemoração. O treinador da Seleção Brasileira lembrou que a dificuldade de uma Copa do Mundo, torneio do qual o País será sede em 2014, é muito maior.

"Sabemos que o campeonato que vamos disputar é muito mais forte do que este, embora nós tenhamos ganhado do atual campeão mundial", disse à TV Globo, no gramado do Maracanã.

Por outro lado, Felipão celebrou o fato de ter um pouco mais de calma na preparação para o Mundial, algo que poderia não ocorrer caso a equipe nacional tivesse perdido esse primeiro torneio intercontinental dentro de casa.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Felipão parabenizou comandados pela conquista, mas não deixou de alertar para as dificuldades no caminho brasileiro
"Poderemos trilhar esse caminho com um pouco mais de confiança. É isso que a gente quer. Cria-se uma situação favorável, um ambiente melhor. O que o povo tem feito por nós é algo fantástico, maravilhoso. Temos que ter essa amizade, essa união, como princípio", opinou.

Antes de bater a Espanha, com dois gols de Fred e um de Neymar, e ser campeão invicto, o Brasil havia passado pelo Uruguai na semifinal. Na fase de grupos da competição, as vítimas da equipe verde-amarela foram, em ordem, japoneses, mexicanos e italianos.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade