Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Recopa Sul-americana - ( - Atualizado )

Tite assume responsabilidade por lesão e espera Paulo André

Marcos Guedes São Paulo (SP)

A escalação do Corinthians que enfrentará o São Paulo na próxima quarta-feira, no Morumbi, tem apenas uma dúvida. Paulo André se recupera de lesão na coxa esquerda e dirá ao técnico Tite se tem condições de formar com Gil a dupla de zaga na primeira partida decisiva da Recopa Sul-americana.

O jogador sentiu a parte de trás da perna e teve de ser substituído na última partida do Timão, contra a Portuguesa, há 20 dias. De acordo com Tite, a lesão é relacionada ao pedido feito por ele para que o jogador atuasse mesmo em más condições naquela semana --- três dias antes, o atleta esteve também no embate com o Cruzeiro.

“Quero fazer um reconhecimento público. O machucado do Paulo André teve uma responsabilidade minha. Só tínhamos três zagueiros contra o Cruzeiro, e eu falei para ele viajar, que havia uma necessidade. Acho que aquele jogo interferiu, ele não teve tempo de recuperação e estourou. Quero agradecer a ele, que atendeu de boa vontade o nosso pedido”, afirmou o treinador.

Agora, Tite aguarda a recuperação do beque. O camisa 13 ainda não treinou com os companheiros --- nesta sexta, durante o jogo-treino contra o Audax, no CT do Parque Ecológico, fez um trabalho de fortalecimento muscular ---, mas existe a chance de ele se escalar no Majestoso.

“Há possibilidade. Vai depender de o jogador dizer que tem condições. Tem a palavra do Fábio Mahseredjian (preparador físico), a minha palavra e também a palavra do próprio jogador. Estando bem, há possibilidade de ir para o jogo”, explicou o comandante.

Divulgação/Agência Corinthians
Chicão enfrentou o Audax na vaga de Paulo André, passando Gil para o lado esquerdo (foto: Daniel Augusto Jr.)
O processo é semelhante com Renato Augusto, que já treina com os companheiros faz tempo, porém não esconde a falta de confiança. O meia teve uma série de lesões musculares nas últimas temporadas e não atua desde março, quando sofreu mais uma, na coxa direita.

Renato participou do jogo-treino com o Audax evitando claramente lances de maior contato físico. É possível que ele não fique nem no banco de reservas do Timão, que enfrentará o São Paulo assim: Cássio; Edenílson, Chicão (Paulo André), Gil e Fábio Santos; Ralf e Guilherme; Romarinho, Danilo e Emerson; Guerrero.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade