Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa das Confederações - ( )

Uruguai aproveita confusão nigeriana em linhas de impedimento

Salvador (BA)

O técnico Oscar Tabárez resolveu retomar o esquema com três atacantes no Uruguai depois de ter sido sufocado pela Espanha na estreia. Já a Nigéria entrou na Arena Fonte Nova disposta a pressionar os latinos, assim como havia feito diante do Taiti. Assim, o jogo em Salvador ficou aberto, panorama perfeito para os ataques, principalmente o da Celeste Olímpica.

Os nigerianos conseguiram impor o ritmo veloz desejado pelo técnico Stephen Keshi, sempre pelas arrancadas pela direita de Musa para cima do versátil Martín Cáceres. Acuado, mas com um trio de ataque de peso, o Uruguai deixava a defesa africana em alerta, mas foi com um zagueiro que o placar saiu do zero.

Na primeira confusão da zaga nigeriana no momento de organizar linha de impedimento, Diego Forlán recebeu sozinho na ponta esquerda e cruzou de primeira para Diego Lugano aparecer por trás dos defensores e inaugurar o marcador. Em vantagem, os sul-americanos passaram a investir ainda mais nos contra-ataques, o que aumentou o número de impedimentos consideravelmente – 4 a 0 para a Celeste Olímpica ao final do jogo.

AFP
No primeiro gol, defesa da Nigéria deixou Forlán livre para o passe e Lugano solitário para empurrar para as redes
Em jogada individual e trapalhada de Lugano, Obi Mikel deixou tudo igual e abriu a artilharia da Nigéria, que terminou o confronto somando 13 finalizações contra nove dos uruguaios. O aproveitamento dos bicampeões mundiais, no entanto, foi maior, com 4 chutes no gol contra cinco dos africanos e ainda o gol de Forlán já no segundo tempo.

A jogada começou com Luis Suárez pela meia direita, desarmando um rival e ganhando na força até encontrar Edinson Cavani pelo meio. O centroavante tocou de primeira, explorando mais uma vez a bagunça da linha de impedimento nigeriana e encontrando Forlán. O camisa 10 só precisou soltar a perna esquerda na Cafusa e balançar as redes.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade