Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa das Confederações - ( - Atualizado )

Uruguaios veem "belo horizonte" na capital mineira antes das semis

Assunção (Paraguai)

A delegação do Uruguai desembarcou em Belo Horizonte nesta segunda-feira, mas já deve ter percebido algumas diferenças em relação ao Recife. A segurança, por exemplo, é uma delas. A imprensa uruguaia destacou o forte esquema que ronda o elenco na capital mineira.

De acordo com o jornal Ovación, o hotel Caesar Business, onde o grupo está hospedado, parece o Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos. Já o técnico Óscar Tabárez foi comparado com o próprio presidente norte-americano, Barack Obama.

A relação com os fãs também foi diferente, segundo os jornalistas que acompanham a seleção na Copa das Confederações: fotos foram proibidas por seguranças dentro de um perímetro pré-determinado. Dentro do hotel, “agentes da CIA” (Agência Central de Inteligência, do inglês), fazem a segurança.

AFP
Técnico Óscar Tabárez (no meio) foi comparado a Barack Obama pela imprensa uruguaia (foto: Daniel Garcia)
O desenvolvimento de BH também foi exaltado pela imprensa uruguaia – a luminosidade da cidade e a grandeza de um shopping localizado próximo ao hotel foram alguns fatores que impressionaram os visitantes. “Uruguai vê um belo horizonte” foi a manchete da publicação.

Longe do Maracanã, onde surpreendeu o mundo ao derrotar o Brasil na final da Copa do Mundo de 1950, o Uruguai espera que a capital mineira seja palco de mais um Maracanazo. O histórico recente do time nacional, que triunfou como zebra nas últimas competições, é uma das apostas para isto.

O quarto lugar no Mundial de 2010, na África do Sul, e o título da Copa América, um anos depois, foram alguns episódios que deixam os brasileiros, totalmente favoritos para o jogo desta quarta, às 16 horas (de Brasília), no Mineirão, de olhos bem abertos.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade