Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Vice administrativo de Juvenal deixa cargo para apoiar Marco Aurélio

Tossiro Neto Cotia (SP)

O vice-presidente administrativo do São Paulo, Ricardo Haddad, pediu demissão do cargo no final da tarde desta terça-feira. A decisão - irrevogável, segundo ele - foi comunicada, através de carta, ao presidente Juvenal Juvêncio, ao vice Carlos Augusto de Barros e Silva e aos conselheiros do clube.

"Pertenço a um grupo político cujo coordenador, o Leco (Carlos Augusto de Barros e Silva, vice-presidente), se coloca como candidato à eleição. Como apoio outro futuro candidato, achei que não ficaria bem, não seria ético continuar na diretoria", explicou à GE.net.

Após protesto, Leco admite suceder criticado Juvenal em 2014

SPFC - Site Oficial
Dirigente pediu desligamento na terça-feira à tarde
Haddad apoia Marco Aurélio Cunha, o qual tem atraído para seu lado diversos conselheiros na tentativa de conseguir 55 votos para formar uma chapa e concorrer ao pleito presidencial de abril de 2014. É possível que haja outros dissidentes na direção nas próximas semanas.

"Não houve nenhum motivo pontual para pedir desligamento da diretoria, embora ela esteja um pouco desgastada. É preciso ter oxigenação na diretoria, colocar gente nova lá", opinou Haddad, o qual estava na vice-presidência havia sete anos e, a dez meses da eleição, dificilmente será substituído.

Recentemente, a reportagem noticiou uma discussão acalorada entre Juvenal e Kalil Abdalla, no Morumbi. O mandatário se irritou ao saber que, após um pedido seu para que fosse prestada assistência médica a um ex-jogador do clube, o diretor jurídico procurou Cunha, seu amigo pessoal, mas rival político de Juvenal e que já havia tomado medidas antes do presidente.

O bate-boca - ocorrido antes da derrota para o Goiás, no Campeonato Brasileiro, quando Juvenal foi alvo de protestos na arquibancada e em frente ao estádio - causou mal-estar na situação.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade