Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Após solada no rosto, atacante do Oeste fratura ossos e será operado

Juazeiro do Norte (CE)

A solada sofrida no rosto durante a partida da última terça-feira, contra o Icasa, pela 9ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, custará caro para o atacante Jheimy, do Oeste de Itápolis. Nesta quarta-feira, foi confirmado que o jogador sofreu fratura em quatro ossos da face e terá de ser submetido a uma cirurgia. Os procedimentos devem deixá-lo afastado dos gramados por cerca de 30 dias.

O lance aconteceu aos 19 minutos do primeiro tempo. O atacante foi lançado pela parte central do campo de ataque e subiu de cabeça para disputar a bola com o zagueiro Bruno Perone. No entanto, o defensor do time cearense levantou de mais a perna e acertou uma solada no rosto de Jheimy.

Perrone foi cercado pelos jogadores do Oeste e acabou sendo expulso pelo árbitro Charles Hebert Cavalcante Ferreira. O atacante da equipe do interior paulista não conseguiu prosseguir em campo e deixou o estádio de ambulância, com afundamento na face.

Reprodução/Twitter
Jheimy quebrou quatro ossos e sofreu afundamento na face; Será operado e ficará cerca de 30 dias fora
"A fratura que ele sofreu é a mesma que o Renato Augusto sofreu recentemente, mas o atleta está bem e passará por cirurgia assim que o local desinchar", explicou Mauro Guerra, diretor de futebol do Oeste.

Ele voltará para São Paulo com a delegação rubro-negra ainda nesta quarta-feira, e passará por mais exames antes de definir a data da cirurgia, que deve tirá-lo dos gramados por cerca de um mês.

"Vamos pedir uma punição à CBF para que o zagueiro do Icasa permaneça, no minímo, o mesmo tempo que o nosso atleta ficar sem poder atuar", completou Guerra.

Apesar do ocorrido, o Oeste de Itápolis aproveitou o homem a mais em campo e venceu a partida contra o Icasa por 3 a 0, chegando aos 12 pontos e assumindo a oitava colocação da Série B do Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade