Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Brasileiro Série B - ( )

Atrapalhado por "coisas do futebol", Felipe Menezes projeta recomeço

William Correia São Paulo (SP)

Felipe Menezes chega ao Palmeiras após uma decepcionante passagem pelo Sport e com o Benfica abrindo mão definitivamente de seu futebol. Sem especificar os problemas que o atrapalharam nos últimos clubes, o meia só quer celebrar a oportunidade de recomeçar sua trajetória em um time da dimensão do Verdão.

“Estar em um clube grande como o Palmeiras é um grande privilégio. A carreira tem dessas coisas, e tento aprender a cada oportunidade. Quero voltar a jogar o futebol de quando fui titular no Goiás e de alguns momentos no Botafogo. Vou procurar me firmar. É uma grande oportunidade e vou lutar para aproveitá-la”, prometeu.

Atualmente com 25 anos, o meio-campista foi revelado pelo Goiás em 2007 com potencial para uma carreira de seu sucesso. Em 2009, passou pelo Paulista antes de ser negociado com o Benfica. Desde então, teve só alguns lampejos empolgantes enquanto esteve emprestado ao Botafogo, entre 2011 e 2012, após não agradar em Portugal.

No Sport, chegou como solução no meio-campo, mas acabou dispensado um mês antes do fim do seu vínculo. “O futebol, infelizmente, tem dessas coisas. No Sport, não consegui a sequência que esperava, mas foi um aprendizado para evoluir na carreira”, limitou-se a dizer o jogador.

Piervi Fonseca/Agif/Gazeta Press
Meia assinou por três anos com o Palmeiras após ser dispensado pelo Sport um mês antes do fim do contrato
Por conta de seu desempenho, o Benfica o negociou com o Verdão paralelamente às conversas que acertaram a chegada de Alan Kardec por empréstimo até 30 de junho. Em definitivo no Palmeiras, com contrato até 30 de junho de 2016, a meta é subir aos poucos, mantendo, por enquanto, só a volta à primeira divisão nacional como objetivo.

“O foco é agora. Lógico que, quando recebi o convite para um contrato de três anos, vislumbrei tudo, todas as coisas que posso buscar lá na frente, mas o foco é o acesso à Série A”, apontou, confiante de que será titular, independentemente do que viveu nos últimos anos.

“O Palmeiras montou um elenco muito competitivo. Tem todas as condições de subir para a Série A, sem dúvida. E, pela grandeza do clube, temos que buscar isso”, discursou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade