Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( )

Atrás de vaga no G-4, América-MG visita líder e invicta Chapecoense

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O América-MG quer terminar a rodada mais próximo do topo, mas, para isso, terá que superar simplesmente a sensação da competição (e líder ao início da rodada). O Coelho vai enfrentar a Chapecoense, neste domingo, às 16h20 (de Brasília), na Arena Condá, e para cumprir o objetivo os americanos terão que acabar com a invencibilidade dos catarinenses.

A partida tinha como data original o sábado, mas mau tempo atrapalhou o deslocamento do América-MG até Chapecó. Na noite de sexta-feira, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) modificou o dia da partida.

No Campeonato Brasileiro, o América-MG defende uma invencibilidade de seis partidas, com quatro vitórias e dois empates, sendo quatro triunfos longe do Independência. O técnico Paulo Comelli, porém, está bastante preocupado com o cansaço da equipe, que enfrenta uma maratona de partidas neste mês. Comelli, inclusive, pode poupar alguns atletas que estão mais desgastados.

O time tem o desfalque certo do lateral direito Leandro Silva, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Por outro lado, os meias Kleber e Bady, que não foram utilizados contra o Internacional por terem disputado a Copa do Brasil pelo Ceará, estão novamente à disposição do treinador.

“Será um jogo muito difícil, contra o líder do campeonato. Nossa equipe vem de uma sequência pesada e jogadores como Claudinei, Andrei e Rodriguinho estão muito desgastados. Vamos aguardar até a hora do jogo para ver quem está melhor”, disse o técnico americano.

A Chapecoense iniciou a rodada na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, de forma invicta, com seis vitórias e dois empates nos oito jogos disputados até aqui. A campanha dos catarinenses impressiona, mas para manter a série positiva o técnico Gilmar Dal Pozzo tem que lidar com alguns desfalques para enfrentar o América-MG.

Rafael Lima está suspenso e desfalca a equipe. Com a ausência do zagueiro, a André Paulino deve ganhar chance ao lado de Dão na equipe titular. As laterais também são um problema para a equipe de Chapecó. Na direita Fabiano continua no departamento médico, e na esquerda Tiago Saletti também está suspenso pelo terceiro amarelo. Com isso Glaydson, Alemão e Anderson Pico disputam as duas vagas.

Glaydson foi elogiado pelo técnico Gilmar Dal Pozzo contra o JEC e garante que não importa a posição, se como volante ou lateral, irá ajudar o grupo. O volante de origem é o mais bem cotado para entrar na lateral direita enquanto Anderson Pico deve atuar pela esquerda. “Não me importo, tanto que quando o professor perguntou se eu fazia a função pela direita, falei que ele poderia contar comigo. Se tiver que jogar de novo pela lateral e ele optar por mim, estou preparado para ajudar”, disse Glaydson.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE X AMÉRICA-MG

Local: Estádio Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 21 de julho de 2013, domingo
Horário: 16h20 (de Brasília)
Arbitro: Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE)
Assistentes: Luciano Roggenbaum (PR) e Arestides Pereira da Silva Júnior (PR)

CHAPECOENSE: Nivaldo; Glaydson, André Paulino, Dão e Anderson Pico; Augusto, Paulinho Dias, Diego Felipe e Athos; Fabinho Alves e Bruno Range
Técnico: Gilmar Dal Pozzo

AMÉRICA-MG: Matheus; Leandro Silva, Gualberto, Vítor Hugo e Danilo; Claudinei, Andrei Girotto, Doriva e Rodriguinho; Willians e Nikão
Técnico: Paulo Comelli

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade