Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Bernard admite que jogo contra o Furacão pode ser despedida

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O jogo contra o Atlético-PR na próxima quarta-feira pode ser o último de Bernard com a camisa do Galo. A revelação é do próprio jogador, que não quis dizer qual clube vai defender na Europa. Apesar da negociação de Bernard se apenas questão de tempo, o atleta cogita acertar a transferência, mas ficar no Atlético-MG para disputar o mundial de clubes.

“Estamos estudando essa possibilidade. Mas eu coloquei que quero resolver o mais rápido possível. Essa novela está ficando chata. É resolver o mais rápido possível. É lógico que eu quero ficar, mas caso eu tenha que ir, se eu puder assinar e ir ao Mundial é super importante para mim”, declarou.

Se não conseguir um acordo para disputar o Mundial de Clubes, Bernard acredita que dificilmente voltará a jogar pelo Atlético-MG depois de quarta-feira. “Há uma possibilidade grande de ser o jogo de despedida. Não tem nada definido, mas há essa possibilidade. Deixar na mão de Deus e esperar o momento certo”, disse.

Mesmo sem revelar seu destino, as especulações sobre a ida do jogador para a Ucrânia para defender o Shakhtar Donetsk é grande, o problema é que Bernard prefere um centro de maior visibilidade, o que coloca os portugueses do Porto e os ingleses do Arsenal em vantagem para contratar a jóia atleticana. O pai do atleta já deu declarações que gostaria de ver Bernard no Porto, mas o atleta prefere analisar as propostas com calma.

“Isto é um desejo do meu pai. Às vezes vai pelo coração pelo o que ele acha, mas temos de parar, ver o que é melhor, ver todas as possibilidades. Temos de ver todos os detalhes para não ter arrependimento depois. Estamos estudando todas as possibilidades para ver o que é melhor”, comentou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade