Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Recopa Sul-americana - ( )

Cássio aponta excesso de confiança na sua "maior falha" no Timão

Marcos Guedes São Paulo (SP)

A falha de Cássio foi bem maior do que a de Rogério Ceni, mas o goleiro do Corinthians não viu problema em falar sobre ela. Sem tentar justificar o erro, o camisa 12 procurou explicar o lance em que viu ser balançada a rede defendida por ele no Estádio do Morumbi.

“Foi um erro de posicionamento. Podia espalmar, mas (resolvi) pegar firme. Foi excesso de confiança. Aconteceu. Não é por uma falha que vou me desesperar, o goleiro está sujeito a isso. Às vezes, você aprende com os erros, tenta tirar pontos positivos. Bola para frente, conseguimos a vitória e uma boa vantagem”, afirmou, comemorando o triunfo por 2 a 1 sobre o São Paulo.

No lance em questão, um chute de fora da área de Aloísio no meio do gol, Cássio se atrapalhou e tocou sem firmeza na bola. Ele ainda tentou se recuperar atirando-se no canto direito, mas seu esforço não impediu o empate. Mais tarde, Renato Augusto encobriu Ceni e definiu o placar no primeiro jogo decisivo da Recopa Sul-americana.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Cássio comemorou o gol de Renato Augusto, que encobriu sua falha e pôs o Timão na frente
“Que bom que o Renato fez um golaço, ele entrou bem”, comemorou o goleiro do Timão, que qualificou o lance do gol tricolor como seu pior erro desde a chegada ao clube do Parque São Jorge. “Com certeza. Foi uma falha muito grande. Acho que foi a maior falha que tive no gol do Corinthians.”

Segundo o camisa 12, o gol de Aloísio foi muito diferente do de Riquelme, do Boca Juniors, que o encobriu na partida da eliminação do Alvinegro. “Muita gente fala, mas acho que não falhei naquele jogo. Assumo quando erro, não tem problema nenhum”, comentou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade