Futebol - ( )

Clube melhora ambiente sem Adalberto e já mira superintendente

Tossiro Neto São Paulo (SP)

A fase ainda é bastante complicada, mas o São Paulo espera ter estancado o sangramento no empate por 0 a 0 com o Corinthians no último domingo. Se a sequência sem vitórias chegou a 12 partidas, o time findou a série de derrotas consecutivas e já viu uma evolução que não pode ser medida em números.

“Tivemos uma melhora clara em termos coletivos, melhora clara no ambiente, no nosso dia a dia. Isso é fundamental. Não estou me referindo apenas aos jogadores. Como líder, vou trabalhar muito nisso, porque não consigo ver futebol apenas no fato de juntar jogadores bons e se esquecer de trabalhar outras coisas”, afirmou Paulo Autuori.

Ao mencionar que a mudança não era relacionada aos atletas --- Lúcio foi afastado por indisciplina ---, o técnico fez uma referência nem tão velada a Adalberto Baptista. Recebendo críticas de todos os lados e envolvido em bate-boca com o ídolo Rogério Ceni, o diretor de futebol entregou o cargo na última quinta-feira.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Paulo Autuori espera mais do time, mas já está feliz com a melhora no ambiente do Tricolor
O vice-presidente de futebol do clube, João Paulo de Jesus Lopes, que vem acumulando interinamente a função que era de Adalberto, confirmou que será contratado um profissional para o departamento. Quando voltar de sua excursão no exterior, no próximo dia 9, o time deverá ter um superintendente.

“Ao final da viagem, deveremos ter um nome para ser anunciado. O superintendente vai trabalhar muito voltado para dentro. Em determinadas circunstâncias, vai auxiliar a diretoria em negociações e outras intermediações, mas, na verdade, vai coordenar as várias etapas de suporte técnico dentro do clube: a parte médica, a fisiologia, a comissão técnica...”, disse Jesus Lopes.

Os nomes mencionados até aqui são de ex-jogadores do São Paulo, como Pintado e Ronaldão. “Nós já temos na nossa cabeça o perfil de quem será, mas vamos guardar um pouquinho. Vamos anunciar depois da viagem mesmo”, repetiu o vice-presidente de futebol do Tricolor.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade