Futebol/Libertadores - ( - Atualizado )

Com 'Deus conspirando a favor', Kalil convoca torcida no Mineirão

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Após a derrota do Atlético-MG por 2 a 0 para o Olimpia na primeira partida decisiva da Libertadores, o presidente Alexandre Kalil conversou com a imprensa e se mostrou otimista que o Galo vai conseguir reverter a vantagem paraguaia. O dirigente convocou a torcida atleticana para fazer a diferença no Mineirão, que terá público pelo menos três vezes superior ao Independência.

“Quero deixar aqui um apelo para a torcida do Atlético-MG. Só quem veio aqui é que viu que não é brincadeira não. Lá não é brincadeira também não, e nós temos a torcida mais argentina do Brasil. Então vamos reverter este resultado. A torcida vai lotar o Mineirão. Como o próprio Cuca disse, nestas circunstâncias o Mineirão se tornou o estádio ideal. Parece que Deus conspira tudo a nosso favor”, declarou.

Kalil revelou que já conversou com os jogadores nos vestiário do Defensores del Chaco e tentou passar otimismo para o jogadores. O mandatário do Galo afirmou que a missão já foi cumprida chegando à final da Libertadores, mas lembrou que o título ainda pode ficar com o Atlético-MG.

“Quem frequenta vestiário de futebol sabe como é um vestiário destes. Eu dei uma palavra a todos e falei que acreditava, e que não era para ninguém se abater. Foi uma palavra de otimismo, porque é um competição muito importante e temos a sensação que o dever está cumprindo, e que ainda temos muitas chances de levantar a taça, é isso que vamos trabalhar”, disse.

Por fim, Kalil apostou que os gritos de ‘eu acredito’ vindo das arquibancadas poderá entrar para história alvinegra, se voltar a funcionar, assim como aconteceu na semifinal contra o Newell’s Old Boys. “Este lema “eu acredito” vai entrar para a história do Atlético-MG depois que revertermos este resultado em Belo Horizonte”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade