Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Com Mendieta reserva, Valdivia faz gol e leva cartão em jogo-treino

Bruno Ceccon e William Correia São Paulo (SP)

No último jogo-treino antes de o Palmeiras enfrentar o Oeste, neste sábado, em Presidente Prudente, Valdivia se destacou. Mesmo com atuação apagada, o chileno fez o único gol dos titulares diante do Audax, convertendo falta, e ainda levou cartão amarelo na atividade na Academia de Futebol.

Contra o time que acaba de subir para a primeira divisão do Campeonato Paulista, o Verdão completou período de vitórias nos quatro jogos-treinos que realizou durante a parada da Série B do Brasileiro por conta da Copa das Confederações. Aplicou 2 a 1 com o time do Grupo Pão de Açúcar – antes, derrotou São Bernardo, Portuguesa e Independente de Limeira.

E a atuação pouco convincente se deve, principalmente, à postura de Valdivia com a bola rolando. O camisa 10, que não entra em campo desde 14 de março por lesão na coxa direita, pouco se mexeu, comprometendo a dinâmica. O presidente Paulo Nobre olhava tudo da sala de entrevistas do centro de treinamento.

O meia era fundamental nas ações ofensivas do time escalado por Gilson Kleina. Os titulares atuaram com: Fernando Prass; Luis Felipe, Henrique, André Luiz e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Valdivia; Leandro e Vinicius. Apesar da movimentação intensa de Charles e Wesley, Valdivia raramente buscava a bola.

A defesa também permitia que o Audax criasse oportunidades, incluindo permitindo toque de bola lento e tranquilo na área de Fernando Prass. Até que uma cobrança de escanteio resultou no gol do time visitante, com a zaga permitindo que a bola chegasse à pequena área.

Até que Leandro, que mais uma vez alternou as funções de meia e atacante, sofreu falta na intermediária pela direita. Valdivia cobrou por fora da barreira, colocando a bola próxima ao ângulo do goleiro, empatando a atividade e compensando sua pequena movimentação no gramado.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Recuperado de lesão, o chileno Jorge Valdivia marcou um gol de falta e tomou um cartão amarelo no jogo amistoso
Mais tarde, após nova cobrança de escanteio do Audax, o chileno deu um tranco em um adversário para dificultar o rebote. O árbitro marcou falta do meia e ainda lhe deu cartão amarelo, para protestos dos colegas. Bastante irritado, Fernando Prass gritava que o juiz estava “querendo inventar”.

Após a igualdade no primeiro tempo, Kleina só manteve Prass no time. A formação, além do goleiro, teve Weldinho, Vilson, Tiago Alves e Fernandinho; Wendel, Mendieta, Tiago Real e Ronny; Serginho e Caio. Titular contra o Independente de Limeira no sábado, Mendieta não treinou de manhã para regularizar seu visto de trabalho e foi reserva.

O paraguaio, já inscrito como jogador do Palmeiras na CBF, atuou em posição similar à de Wesley, avançando principalmente pela direita, vindo de trás para dar opção a Tiago Real. Mas o time, dessa forma, foi menos eficiente do que os titulares na parte ofensiva, já que não marcaram gols. Ao mesmo tempo, protegeram mais Fernando Prass. Mais tarde, já com João Denoni em campo, Caio aproveitou cruzamento do volante para definir a vitória palmeirense.

Ayrton, em recuperação de forte gripe e envolvido em negociação com a Portuguesa, ficou fora do jogo-treino. Por dores musculares, Marcelo Oliveira só deu voltas no campo, assim como Patrick Vieira. Rondinelly manteve tratamento de pancada no tornozelo direito, assim como Emerson e Léo Gago.

Recém-contratado, Alan Kardec realizou trabalhos na caixa de areia para aprimorar sua forma física. O atacante andou pelo campo ao lado de Kleber, que está sem contrato desde domingo e mantém tratamento de tendinite no joelho direito.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade