Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Confusão entre organizadas deixa o clima tenso na Vila após o jogo

Santos (SP)

O clima ficou tenso nos entornos do estádio Urbano Caldeira, a Vila Belmiro, após o empate entre Santos e Coritiba, por 2 a 2, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, disputada na tarde deste domingo.

Segundo a reportagem da rádio CBN, uma das torcidas organizadas do Santos teria armado uma emboscada para os torcedores do Coritiba, que tentavam deixar o estádio. A polícia agiu com bombas de efeito moral, balas de borracha e gás de pimenta contra os santistas.

Por precaução, os torcedores do Coritiba que ainda não haviam deixado a Vila foram orientados a permanecer nas arquibancadas e aguardar que a situação se normalizasse.

As informações preliminares dão conta de que a torcida santista tentava revidar alguma provocação feita pelos paranaenses durante o jogo.

O atacante Deivid, que deixou o estádio em um carro particular, preferiu esperar a saída do ônibus da delegação do Coritiba para aproveitar a escolta feita pela Polícia Militar.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade