Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Conmebol nega pedido do Atlético-MG e confirma final no Mineirão

Belo Horizonte (MG)

A Conmebol confirmou na manhã desta quinta-feira que o segundo jogo da final da Libertadores, entre Atlético-MG e Olimpia, será disputado no Mineirão. O estádio acabou sendo o escolhido por ter capacidade para 63 mil torcedores. O regulamento do torneio exige que a final seja disputada em um estádio que acomode pelo menos 40 mil pessoas. O Independência, por sua vez, só comporta 23 mil torcedores.

A diretoria atleticana pretendia que a partida fosse jogada no Independência, onde acreditava que a torcida do Galo faria uma pressão maior sobre o adversário. “Vou trabalhar para burro. Vou ter que trabalhar para burro. Ainda não estou de férias na Libertadores”, chegou a dizer o presidente Alexandre Kalil.

Nesta edição do torneio, o Atlético-MG jogou no Independência em todas as partidas nas quais teve o mando de campo. A campanha invicta dentro de casa fez com que a torcida do clube criasse uma brincadeira, dizendo que “caiu no Horto, tá morto”, em referência ao bairro em que está localizado o estádio.

A partida decisiva está marcada para o dia 24 de julho. Uma semana antes, no dia 17, Atlético-MG e Olimpia se enfrentam no Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade