Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Corrêa lamenta tropeço "definido nos dez primeiros minutos"

Santos (SP)

Um gol a um minuto e outro aos dez deram ao Santos a calma necessária para vencer a Portuguesa por 4 a 1, no fim da tarde deste sábado. Na opinião do volante Corrêa, sua equipe deixou a Vila Belmiro derrotada por ter entrado em campo sem a devida aplicação.

"O jogo foi definido nos dez primeiros minutos. Entramos devagar e tomamos dois gols. Fica difícil. A gente até equilibrou e teve as melhores chances no primeiro tempo, mas acabou não saindo. Voltamos bem para o segundo, tivemos chances e tomamos mais dois gols em contra-ataques", lamentou o jogador.

Neílton (duas vezes) e Willian José fizeram os três primeiros gols da partida. A Portuguesa diminuiu a diferença aos 42 minutos do segundo tempo, com um belo volante do estreante Bruno Moraes, mas, logo em seguida, Giva fechou a contagem positiva para o time da casa aproveitando defesa parcial do goleiro Lauro.

Como dito por Corrêa, sua equipe realmente poderia ter, no mínimo, evitado um placar elástico. Além de bolas perigosas e dois chutes no travessão, a Portuguesa parou algumas vezes no goleiro santista. "O Aranha também estava em uma noite feliz", avaliou o volante rubro-verde.

O tropeço mantém o time treinado por Edson Pimenta com seis pontos ganhos em sete rodadas, na parte de baixo da tabela de classificação. Seu próximo compromisso pelo Campeonato Brasileiro será no domingo que vem, frente ao Goiás, no Serra Dourada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade