Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Cuca assume favoritismo do Galo e critica diretoria do Newell's

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O Atlético-MG está preparado para uma verdadeira guerra nesta quarta-feira, na Argentina, contra o Newell's Old Boys, pela semifinal da Libertadores. A imprensa e até os jogadores e a comissão técnica da equipe argentina são unânimes em afirmar que o Newell's é a melhor equipe do país, e os mais eufóricos chegam a dizer que o time é o melhor da América do Sul, situação que mereceu resposta do técnico Cuca.

“Na Libertadores nós somos a melhor equipe. Os números dizem isso. Temos uma derrota, dois empates e o resto são todas vitórias, e contra equipes fortíssimas. O Newell's não me parece ter uma campanha tão boa quanto a nossa”, declarou o treinador alvinegro.

A famosa catimba e a rivalidade entre Brasil e Argentina serão ingredientes presentes nesta quarta-feira, no estádio Marcelo Bielsa. O clima, por sinal, já começou a esquentar no treinamento de conhecimento do gramado do local do jogo, já que, na avaliação do técnico Cuca, as condições não foram as ideais. O treinador entende que existiu descaso da cúpula do Newell's com o Galo.

“Eles ligaram apenas 60% dos refletores para nosso treinamento, e, em vários pontos, estava escuro. Além disso, eles trancaram os banheiros. Os gols estavam sem as redes, e o gramado com as marcações apagadas, o que nos tirou um pouco da referência”, afirmou.

Divulgação/Atlético-MG
Estádio Marcelo Bielsa não teve todos os seus refletores acesos no treino do Atlético-MG

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade