Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Dellatorre desencanta no segundo jogo e ganha elogios no Furacão

São Paulo (SP)

No final da temporada de 2011, Dellatorre surgiu como grande promessa no time profissional do Internacional. Menos de um ano depois, acabou negociado com o Porto e, sem oportunidades pelos Dragões, retornou ao Brasil para defender o Atlético-PR. E logo na segunda partida pelo novo clube o atacante foi decisivo e marcou o segundo gol do Furacão na virada por 3 a 2 sobre a Portuguesa na 9ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A partida no Canindé estava empatada quando o meia Souza recebeu cartão vermelho por falta em Léo. Na sequência, o técnico Vagner Mancini sacou Ederson para a entrada de Dellatorre aos 12 minutos da etapa complementar. Cinco minutos depois, o ex-colorado recebeu passe de Marcelo na marca do pênalti e apenas empurrou para as redes – nos acréscimos Léo definiu a virada.

“Fui feliz por ter entrado e ajudado. Esse grupo me recebeu muito bem e estou muito feliz aqui, muito à vontade. Mas o mais importante é a vitória. Isso faz com que a confiança de todo mundo aumente a cada jogo”, comemorou Dellatorre na saída de campo, sobre a segunda vitória seguida na temporada depois de ter batido o Paysandu pela Copa do Brasil no meio de semana.

Divulgação/CAP
Dellatorre surgiu como aposta no Inter, passou pelo Porto sem ser aproveitado e agora busca espaço no Furacão
O desempenho do atacante foi reconhecido por Mancini ao final do triunfo que encerrou série de cinco jogos sem triunfos no Campeonato Brasileiro. O treinador elogiou a atitude do recém-contratado em campo, mas lembrou que ainda é preciso muito trabalho para que o camisa 49 recupere o ritmo de jogo perdido nos tempos de Porto.

“Ele entrou no último jogo e hoje mais uma vez. É um atleta diferente, de muita movimentação e de velocidade também. O Atlético-PR ganhou um belo atacante, mas falta muito na parte física ainda, até pela inatividade que ele vinha. Não tenho dúvida ao afirmar que o Dellatorre veio para ajudar muito”, destacou o comandante rubro-negro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade