Futebol/Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Derrotado, Renato Gaúcho parabeniza Grêmio: “Não se acovardou”

Criciúma (SC)

Derrotado pela primeira vez após sua volta ao comando do Grêmio, Renato Gaúcho não cansou de elogiar sua equipe. Após perder por 2 a 1 para o Criciúma com dois jogadores a menos, o treinador exaltou a garra do jogadores tricolores.

“Eu tenho que dar, publicamente, os parabéns à minha equipe, da mesma forma que eu fiz lá no vestiário. Ela não se acovardou em nenhum momento, brigou, foi aguerrida e, mesmo com menos posse de bola, teve algumas chances no final do jogo”, disse.

Após entrar em campo sonhando com a vice-liderança do Campeonato Brasileiro, o Grêmio contou com dois imprevistos para sair derrotado de Santa Catarina. Matheus Biteco e Vargas foram expulsos, deixando o Tricolor com apenas nove jogadores em campo.

O jovem volante tentou acertar um tapa no adversário após uma disputa de bola, e o chileno chutou Elton com o jogo paralisado. Resultado: Derrota por 2 a 1 e arrancada na tabela de classificação brecada. “Mesmo assim minha equipe lutou, buscou o resultado, fizemos o possível e impossível. Mas eu tenho certeza que a torcida saiu satisfeita por ver o time brigar durante os 90 minutos”, afirmou Renato Gaúcho.

Divulgação/Grêmio
Renato Gaúcho disse que "não se cansaria" de dar aos parabéns ao Grêmio, mesmo após a derrota

Outro fator que dificultou a vida gremista na partida deste sábado foi o campo. Extremamente escorregadio e pesado, pela forte chuva que caiu durante os 90 minutos, o gramado do Heriberto Hülse ajudou a valorizar a garra dos atletas da equipe gaúcha.

“Num campo pesado, chovendo bastante, a minha equipe correu, lutou, não se entregou. Isso é muito positivo. Não é nada fácil enfrentar um time que precisa da vitória, com o campo pesado, a torcida contra e ainda mais com dois jogadores expulsos. Não dava para exigir muita coisa”, analisou o herói do Mundial de 1983.

Apesar da quinta colocação com 12 pontos, o Grêmio segue com um problema grave neste Campeonato Brasileiro: Ainda não venceu fora de casa. Até aqui, em quatro partidas, são duas derrotas e dois empates. Para Renato Gaúcho, no entanto, esta sequência negativa não incomoda.

“Não (preocupa), de maneira nenhuma. O campeonato recém começou. O importante é que o Grêmio está bem na tabela. Voltar a vencer fora de casa é uma coisa natural. Isso não me tira a tranquilidade”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade