Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Dorival Júnior quer Vasco mais veloz e pressionando a saída de bola

Gazeta Press Rio de Janeiro (SP)

Apresentado pouco antes do clássico contra o Flamengo, o técnico Dorival Júnior sequer teve tempo de treinar o Vasco, que acabou derrotado por 1 a 0. Agora, aos poucos, o treinador vem tentando adaptar o grupo ao seu estilo para que alguns efeitos possam surtir rapidamente no desempenho cruzmaltino.

Se o treinador tiver sucesso os torcedores irão perceber uma equipe mais veloz na troca de passes e na saída de bola para o ataque, além de marcando sob pressão, no duelo deste domingo, às 18h30 (de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

“O Dorival Júnior vem trabalhando muito com a gente para que o Vasco melhore seu desempenho em vários fundamentos e também possa ter uma postura que crie mais dificuldades ao adversário. Temos que ser um time de muita movimentação quando estamos com a posse de bola, para confundir a marcação do adversário. Além disso, a marcação precisa começar sempre na frente, criando problemas para que o nosso adversário possa sair para o jogo tocando a bola com dificuldade”, afirmou o atacante Eder Luis.

O volante Wendel, que vem atuando de maneira improvisada na lateral esquerda, tem o mesmo sentimento em relação aos primeiros dias de trabalho do novo treinador do Vasco.

“O Dorival tem pedido muito para que a gente não dê vida fácil para o nosso adversário, marcando sob pressão e encurtando os espaços. É importante que a gente fique a maior parte do tempo com a posse de bola e saiba o que fazer com isso, tocando com velocidade de um lado para o outro do campo. Apesar do pouco tempo de trabalho já deu para perceber o que ele espera de nós. Vamos aproveitar que não estamos tendo jogos neste meio de semana para assimilarmos rapidamente e colocarmos algo em prática já diante do Fluminense”, revelou o volante.

O Vasco treinou nesta amanhã e volta aos treinos no período na tarde, em São Januário. Dorival Júnior deverá deixar mais evidente o que pensa em termos de escalação para o duelo contra o Fluminense. A vitória é fundamental para os vascaínos, que após a derrota para o Flamengo despencaram para a zona de rebaixamento com sete pontos ganhos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade