Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Elenco são-paulino vê novo técnico mais de perto no dia a dia

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Uma das reclamações de alguns jogadores do São Paulo sobre Ney Franco era de que o treinador quase não os orientava em campo, passava essa função a seu auxiliar, Éder Bastos. Ao menos nesse ponto, o cenário já é bastante diferente desde a chegada de Paulo Autuori, como se viu nos dois primeiros dias do novo comandante.

Com auxílio do assistente Gilvan Santos (ex-treinador da Seleção Brasileira sub-20) e do preparador físico Gilvan Santos, o sucessor de Ney Franco faz questão de estar o tempo todo em contato com o elenco, munido de um apito no pescoço e uma pasta com anotações táticas na mão esquerda.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Paulo Autuori tem estio diferente de Ney Franco e prefere estar em contato com o elenco o tempo todo
"Valorizo muito o treino, falei isso aos jogadores. Nas nossas sessões de treino, temos que trazer a realidade do jogo. Não existe essa de que vou treinar assim e, ao chegar no jogo, será diferente. Quem pensa assim está se enganando. Tem que ser com muita intensidade", salientou.

Seu estilo é semelhante ao de Tite, considerado por muitos o principal treinador do futebol brasileiro na atualidade, depois de ter conduzido o Corinthians aos títulos da Libertadores e do Mundial, em 2012. O companheiro de profissão e adversário, não por acaso, é admirado por Autuori.

"No Brasil, o Corinthians é o time que tem conceitos táticos mais bem firmados do que tenho visto nos últimos anos, claramente. O trabalho do Tite é excelente, por isso tem conseguido isso. É um time que entra em campo sabendo o que tem que fazer. Isso é claro, não dá para esconder", elogiou, antes de citar concepção muito propagada pelo corintiano.

"Jamais vou pedir que se ganhe jogo de qualquer maneira. Não se pede para um músico tocar de qualquer maneira. Acho que é possível jogar bem e ganhar. Sempre vou pedir isso", avisou, na sexta-feira, a dois dias do primeiro jogo em seu retorno ao clube onde foi campeão da Libertadores e do Mundial de 2005 - no domingo, o São Paulo visita o Vitória, em Salvador.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade