Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Em dia de homenagens, torcida lota Ilha e vê Sport derrotar o Oeste

Recife (PE)

Era a estreia de um uniforme novo que faz homenagem ao escritor Ariano Suassuna, mas outros dois nomes também foram lembrados nesta sexta-feira, na Ilha do Retiro. Torcedor do Sport, Dominguinhos faleceu na última terça e recebeu ‘um minuto de silêncio’ junto com Djalma Santos. Nas arquibancadas, a torcida mostrou respeito aos ídolos e teve motivos para fazer festa. Com dois gols ainda no primeiro tempo, o clube pernambucano derrotou o Oeste por 2 a 0, garantiu a quarta vitória consecutiva e encostou no topo da Série B do Campeonato Brasileiro.

O primeiro gol do jogo saiu aos 35 minutos do primeiro tempo, quando Lucas Lima mostrou habilidade, precisou de um toque para driblar o marcador e tocou na saída do goleiro. Em vantagem, o Sport desestabilizou o Oeste, que não conseguia manter a eficiência do sistema defensivo. Sendo assim, três minutos mais tarde, o volante Tobi aproveitou a bola alçada na área, bateu firme para o gol e fez o segundo.

Em boa fase, o Sport chega ao quarto triunfo consecutivo e anima sua torcida, que exige a volta à Série A do Campeonato Brasileiro. Com 21 pontos, o Leão da Ilha divide a liderança com o Palmeiras, mas perde no saldo de gols. O Oeste, por sua vez, continua com uma campanha irregular e não mantém uma sequência vitoriosa. Com 12 pontos, o time paulista é o 12º colocado.

Na próxima rodada, de olho na liderança da competição, o Sport volta a jogar na terça-feira, às 21h50 (de Brasília), diante do América-MG, na Arena Independência. O Oeste, por sua vez, tenta se recuperar no mesmo dia, mas um pouco mais cedo. Às 19h30, a equipe rubro-negra recebe o Guaratinguetá no Estádio dos Amaros, em Itápolis.

Arte GE.Net
O jogo - Sob os olhares de Ariano Suassuna, homenageado pelo Sport no novo uniforme da equipe, o Leão da Ilha do Retiro demorou a se encontrar no jogo e mostrar sua força na capital pernambucano. Mesmo a festa da torcida nas arquibancadas, que mais uma vez compareceu em bom número ao estádio rubro-negro, o time comandado por Marcelo Martelotte não começou bem, mas melhorou ao longo da primeira etapa.

Com um time mais defensivo e três homens de marcação no meio de campo, Edison Só apostou nos contra-ataques, mas o Oeste também não acertava os passes para definir as jogadas e abrir o marcador na Ilha do Retiro. Sem apresentar um bom volume de jogo, o Sport também errava e dava espaços, em vão, já que os dois lados teimavam em errar lances fáceis. Desta forma, até os 30 minutos, o jogo permaneceu em ritmo lento.

Os erros no início do jogo, porém, foram deixados de lado e o Sport melhorou nos minutos finais. Sendo assim, não foi difícil encontrar o caminho do gol e bastaram três minutos para a equipe pernambucana construir uma vantagem confortável antes do intervalo. Aos 35, o meia Lucas Lima recebeu na direita, precisou de um toque para se livrar da marcação, chegou na entrada da área e tocou na saída do goleiro Fernando Leal, que ainda desviou a bola, mas não evitou o primeiro dos donos da casa.

Em vantagem, o Sport ficou mais tranquilo no jogo, o Oeste já não conseguia exercer a mesma marcação e facilitava a chegada do time da casa ao ataque. Três minutos depois do primeiro gol, Lucas Lima mandou para o meio da área, Camilo chegou a desviar e a bola sobrou para Tobi. O volante aproveitou a oportunidade, bateu firme para o gol, Fernando Leal chegou a fazer a defesa, mas espalmou para dentro. Era o segundo do Leão da Ilha.

Com dois gols de diferença, o Sport diminuiu o ritmo no segundo tempo e apenas administrou o resultado. A equipe pernambucana ainda teve chances claras de ampliar o marcador, mas não aproveitou as boas chegadas ao ataque. Edison Só ainda mexeu na equipe do Oeste, o que não foi suficiente para alterar o resultado do jogo. Era a quarta vitória consecutiva do time rubro-negro, para a festa da torcida pernambucana e, é claro, de Ariano Suassuna, que deixou a Ilha do Retiro minutos antes do fim.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade