Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Fabrício volta ao banco são-paulino na Bahia e se diz motivado

São Paulo (SP)

Pouco mais de dois meses após ser afastado do elenco do São Paulo, Fabrício finalmente voltou a ser relacionado. O volante foi reintegrado ao grupo assim que Paulo Autuori foi anunciado como novo técnico depois da demissão de Ney Franco e, a partir do duelo com o Vitória em Salvador, espera ter vida nova no clube.

E a troca de comando é um dos principais combustíveis para o meio campista se firmar de vez no time do Morumbi. Contratado no início do ano passado, durante a passagem de Émerson Leão, Fabrício conviveu com graves lesões e não emplacou uma sequência na equipe. Neste ano, esboçou ganhar espaço, mas foi surpreendido com o afastamento após a eliminação na Libertadores.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Fabrício participou dos treinamentos de quinta e sexta-feira e ficará no banco contra o Vitória
"Tivemos uma conversa e ele (Autuori) quis saber como eu estava. Estou bem fisicamente e esse trabalho com o grupo será essencial. Fiquei um tempo sem treinar com bola, mas rapidamente conseguirei aprimorar a parte técnica. De volta ao time estou mais motivado e confiante", celebrou o marcador, que completou: “Minha motivação é a de sempre. A equipe passa por uma situação difícil que jamais podemos aceitar. Um clube grande como o São Paulo tem que estar sempre ponta da tabela".

Além da troca de Ney Franco por Paulo Autuori, Fabrício também encontrou mudanças no elenco tricolor após o período de afastamento. Desde o dia 10 de maio, o volante viu jovens como Lucas Evangelista subirem para o time profissional e reforços vindos do interior, como Caramelo e Roni, serem contratados.

"Foi bom rever o pessoal. Tem algumas caras novas, como os garotos que subiram da base e a rapaziada que chegou do interior, e eu ainda não tinha convivido com eles. Foi legal reencontrar os mais velhos e contar com o carinho de todos", destacou o meio campista de 31 anos, que poderá reestrear às 16 horas (de Brasília) deste domingo diante do Vitória no Barradão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade