Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Grondona garante Argentina e Uruguai como sedes da Copa de 2030

Buenos Aires (Argentina)

Presidente da Associação do Futebol Argentino (AFA) desde 1979, Julio Grondona se fixou como uma das figuras mais influentes e polêmicas do cenário esportivo internacional. Em declarações divulgadas pelo jornal Clarín, nesta quinta-feira, o dirigente revelou que já há acordo garantido para Argentina e Uruguai sediarem a Copa do Mundo de 2030 em ação conjunta.

“A Fifa (Federação Internacional de Futebol Associado) deseja festejar o centerário do torneio na Argentina e no Uruguai. Isso eu posso confirmar, já está garantido”, destacou Grondona, que ainda é titular da Comissão de Finanças da entidade e um dos homens de confiança do presidente Joseph Blatter.

A primeira Copa do Mundo da história foi realizada no Uruguai, em 1930, e terminou com vitória do país anfitrião. A Argentina, por sua vez, sediou o torneio em uma única oportunidade, em 1978, e conquistou seu primeiro troféu. Além disso, teve o centroavante Mario Kempes como artilheiro, com seis gols. 

Depois da edição de 1978, o Mundial jamais foi novamente realizado em território sul-americano. O jejum será quebrado no próximo ano, quando o Brasil receberá o torneio mais importante do futebol. Nos últimos anos, a Fifa implementou sistema de rodízio de continentes, organizado o torneio na América (Estados Unidos, em 1994), Europa (França, em 1998, e Alemanha, em 2006), Ásia (Coreia do Sul e Japão, em 2002) e África (África do Sul, em 2010). Em 2018, o palco será a Rússia, enquanto o Qatar será sede em 2022.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade