Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Recopa Sul-americana - ( - Atualizado )

Guerrero diz estar descansado e "muito confiante" em fim de jejum

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Paolo Guerrero terminou o primeiro semestre desgastado e em um jejum de oito jogos --- maior ainda se forem computados os compromissos pelo Peru. Mas o centroavante, que jura ter sonhado previamente com o gol do título mundial do Corinthians, está novamente com um bom pressentimento.

Ele atuou pela última vez em 11 de junho, na derrota de sua seleção para a Colômbia. Após uma semana de descanso, retornou ao CT do Parque Ecológico com novo ânimo e, de acordo com sua própria avaliação, fez ótima preparação para a final da Recopa Sul-americana, contra o São Paulo, que começa na quarta-feira.

“Cheguei devagar porque estava um pouco cansado. Tive um esgotamento físico pelos jogos que a gente teve. Mas estou me sentindo fisicamente muito bem agora. Vou começar o clássico 100% bem, sei que a possibilidade de fazer gol vai haver. Estou com muita confiança”, afirmou.

Segundo ele, a pausa no calendário fará bastante diferença. Ainda que a tabela do segundo semestre não seja mais tranquila do que a do primeiro, a cabeça e o corpo de Guerrero estão preparados para a luta pelos títulos da Recopa, da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro.

Divulgação/Agência Corinthians
Guerrero marcou pela última vez contra a Ponte, nas quartas de final do Paulista (foto: Daniel Augusto Jr.)
No Peru, Guerrero chegou a comentar que o pesado calendário do futebol brasileiro o fazia considerar um retorno para a Europa. No Brasil, ele reiterou as queixas, mas minimizou a declaração e mostrou acreditar na possibilidade de exibir novamente o nível apresentado no Mundial.

“Depois de ser campeões do mundo e de ser campeões paulistas, a gente não parou. A gente veio jogando, jogando, jogando, jogando. Isso cansa, física e mentalmente. Agora, deu para descansar, ficar com a família, pensar em outras coisas importantes. Voltei mais bem preparado e com outra confiança”, repetiu.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade