Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Kalil aceita proposta do Shakhtar por Bernard e aguarda o jogador

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O presidente Alexandre Kalil revelou nesta terça-feira que o clube acertou as bases para vender o garoto Bernard para os ucranianos do Shakhtar Donetsk. O negócio, porém, ainda não foi fechado porque depende do jogador aceitar ir para a Ucrânia. A joia atleticana já deu declarações afirmando que prefere um centro de maior visibilidade na Europa.

"É o Shakhtar. Eles chegaram ao valor que desejamos. Se o Bernard quiser, ele vai. Se ele não quiser ir para a Ucrânia, não tem problema nenhum. Está nas mãos dele. Já conversei com ele. É assunto particular dele. Se ele não quiser ir, não vai na marra", disse Kalil.

O mandatário atleticano não quis revelar os valores da possível transação, mas já havia dito que o atleta não deixaria o Atlético-MG por valor inferior a 25 milhões de euros, cerca de R$ 75 milhões. Se Bernard optar por não ir para a Ucrânia, o Porto passaria o ser o destino mais provável do jogador, mas o valor pago pelos portugueses deverá ser menor que o do Shakhtar.

Bernard nega que a transação já esteja fechada, mas admite conversar com a família sobre o assunto. “Não acertei nada ainda. Não sei se vai ser o melhor para mim, estou conversando com a minha família. Mas não está nada certo ainda. Tive reunião com ele (Kalil), e ele me disse o que colocaram para ele e para mim mesmo. Está entre os dois”, disse Bernard, com dúvida entre Porto e Shakhtar.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade