Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Maikon Leite faz na estreia e lanterna Náutico vence ex-líder Inter

São Lourenço da Mata (PE)

Quando se diz que o Campeonato Brasileiro é equilibrado, não é à toa. Neste domingo, o Náutico, que entrou a rodada como lanterna da competição, goleou o então líder Internacional por 3 a 0, na Arena Pernambuco. Derley, Maikon Leite e Rogério fizeram os gols do Timbu, todos na segunda etapa.

O Inter controlou o primeiro tempo e teve as melhores chances, embora sem a contundência necessária para abrir o placar. O estreante Maikon Leite voltou aceso para o segundo tempo e inflamou o Náutico, que voltou mais ligado para os 45 minutos finais. Nos 20 minutos finais, o Timbu marcou os três gols que definiram a goleada a seu favor, placar idêntico ao do ano passado.

O Náutico sobe para o penúltimo lugar, com 7 pontos. O Inter cai para a vice-liderança, com 18. O Timbu volta a campo na quinta-feira, contra o São Paulo, novamente na Arena Pernambuco. O Colorado folga no meio de semana e retornará a campo no domingo, para enfrentar o rival Grêmio no primeiro clássico da história da nova Arena tricolor.

Arte GE.Net
O jogo – O Náutico teve a estreia de importantes peças neste domingo: os meias Peña e Tiago Real e o atacante Maikon Leite. Já o Colorado não pôde contar com D’Alessandro e Leandro Damião, entre outros desfalques. O começo do jogo foi bastante truncado e estudado. O primeiro chute foi do Inter: Ednei, aos 11 minutos, chutou forte, mas sem direção.

Aos poucos, o Inter começou a dominar. Aos 13, Rafael Moura recebeu cruzamento de Kleber e tocou para fora. Três minutos depois, Juan quase marcou de cabeça, parando em Ricardo Berna. O Náutico respondeu aos 22, em cobrança de escanteio que passou por todo mundo na área com perigo.

Aos 29, em grande lance, Forlán cruzou fechado e quase enganou Ricardo Berna. O uruguaio, dois minutos depois, driblou o goleiro do Náutico, mas a zaga salvou de carrinho o gol colorado. No fim do primeiro tempo, a melhor chance do Náutico nos 45 iniciais: Maikon Leite recebeu lançamento, invadiu a área, mas Ronaldo Alves cortou na hora certa.

Maikon Leite também teve a primeira boa chance do segundo tempo: aos sete minutos, ele pegou Muriel adiantado e quase marcou. O Inter respondeu na jogada seguinte: Forlán recebeu lançamento na área e tocou para Rafael Moura, que bobeou e perdeu para Jean Rolt. Aos 10, Muriel saiu mal em cobrança de escanteio, William Alves cabeceou e Ednei cortou em cima da linha.

Mais aceso no segundo tempo, o Náutico quase fez o primeiro gol aos 13: Maikon Leite driblou Muriel e Ronaldo Alves, mas o zagueiro conseguiu se recuperar a tempo de evitar o gol. A seguir, a resposta: Jorge Henrique recebeu de Dátolo, que recém entrara em campo, e chutou para boa defesa de Ricardo Berna. Peña, pelo Náutico, e Forlán, pelo Inter, tiveram boas chances em chutes de fora.

Aos 27, o Timbu abriu o placar: Derley, ex-jogador do Inter, recebeu de Auremir e mandou uma bomba, sem chances para Muriel: 1 a 0. O Inter tentou a resposta dois minutos depois, com Forlán, que bateu forte, mas Ricardo Berna espalmou. Aos 31, Ednei bateu escanteio na cabeça de Juan, que tocou para fora.

Sem conseguir pressionar, o Inter quase levou o segundo aos 41: Maikon Leite soltou uma bomba após tentativa de Rogério, mas Muriel salvou. Aos 43 não houve jeito: no contragolpe, Maikon Leite, o melhor homem em campo, recebeu de Rogério, às costas de Ednei, e matou o Colorado: 2 a 0. Na jogada seguinte, aproveitando falha da zaga, o próprio Rogério ampliou: 3 a 0, para festa da torcida na Arena Pernambuco.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade