Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Bastidores - ( )

Marcelo Oliveira não se preocupa com substituto de Diego Souza

Belo Horizonte (MG)

No final de semana, o Cruzeiro anunciou a venda do meia Diego Souza para o Metalist, da Ucrânia, mas a ausência do jogador contratado para ser uma solução do meio de campo celeste parece não ser motivo de preocupação para o treinador Marcelo Oliveira. Neste domingo, o time mineiro não sentiu a falta do atleta e derrotou o Náutico por 3 a 0, ainda em marcha lenta.

O treinador Marcelo Oliveira optou pela entrada do garoto Lucca, que se destacou pelo Criciúma na disputa da Série B no ano passado e fez sua estreia apenas neste domingo com a camisa do Cruzeiro. Além do meia, o comandante celeste tem outras opções para o setor, como o Martinuccio, que entrou no segundo tempo da vitória sobre o Náutico, o atacante Luan, mais aberto pela esquerda, e Willian, que chega à Toca da Raposa na negociação com o Metalist.

O alto número de opções deixa Marcelo Oliveira em uma situação bastante confortável para a disputa do Campeonato Brasileiro. “Eu não tenho essa preocupação de quem vai entrar. Nós vamos avaliando a produção de cada jogo, o desgaste físico de cada jogador, que vai ser natural. Mas todos eles podem fazer a função. O Luan pode fazer a esquerda, o próprio Lucca, o Willian que vem chegando...Teremos boas opções para a equipe”, afirmou o treinador.

Estreante neste domingo, o jovem Lucca afirmou que está preparado para suprir a ausência do meia Diego Souza. O jogador acredita que o time ficou mais leve com a escalação vitoriosa deste domingo e aprovou a equipe montada por Marcelo Oliveira – com Ricardo Goulart, Éverto Ribeiro e Vinícius Araújo na frente. “O professor colocou os quatro jogadores mais velozes do grupo e, na minha opinião, a velocidade foi fundamental para conseguir a vitória”.

Autor do primeiro gol no duelo deste domingo, o atacante Ricardo Goulart comemorou a boa fase. Ciente da disputa por uma vaga na equipe titular, o jogador acredita que está preparado para estar entre os onze preferidos de Marcelo Oliveira. “Eu venho trabalhando firme todos os dias, sabia que minha hora ia chegar. Se eu tivesse oportunidade, eu sabia que tinha totais condições de mostrar que poderia ser titular da equipe”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade