Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Messi nega influência em contratação de Martino: “Não tenho nada a ver”

Munique (Alemanha)

Nascidos na mesma cidade, torcedores do mesmo time, revelados no mesmo clube. Messi e Gerardo Martino têm muita coisa em comum. E, assim que o ex-comandante do Newell’s Old Boys foi anunciado como novo treinador do Barcelona, todas elas vieram à tona.

Desconhecido por grande parte da imprensa europeia, Martino teve sua chegada ao Barcelona muito atribuída a sua relação com Lionel Messi.

Nascido em Rosário (Argentina), Tata, como é chamado, é um dos maiores atletas da história do Newell’s Old Boys, clube de infância do melhor jogador do mundo. Além disso, o ex-meia é um dos grandes ídolos de Jorge Messi, pai de Lionel.

Apesar de tudo isto, o camisa 10 azul-grená negou ter influenciado na surpreendente escolha do argentino como substituto de Tito Villanova. “Não tenho nada a ver com Martino nem tenho que dar explicações. Isso é coisa do presidente Rosell e do clube. No momento adequado eu disse que me parecia um bom treinador, mas não tenho que explicar nada mais”, afirmou.

Messi ainda disse que não conhece Tata pessoalmente. “Nunca o vi, nem ele nem o Luis Enrique, que foi outro que se falou no clube. Me parece uma boa contratação porque virá para somar e já demonstro no Newell's e na seleção do Paraguai o que é capaz. Tomara que ele se saia bem aqui”, completou.

AFP
Messi esteve em campo nesta quarta-feira, na derrota do Barcelona por 2 a 0 para o Bayern de Munique

Contratado na última terça-feira, Martino chegará à capital da Catalunha nesta quinta. Ainda nesta tarde, posará para as tradicionais fotos em frente ao escudo na sede da equipe. Só na sexta, porém, assinará contrato por duas temporadas, assumindo o comando e concedendo sua primeira entrevista como técnico do Barcelona.

A estreia do novo treinador acontece já no sábado, diante do Valerenga, em partida amistosa realizada em Oslo, na Noruega. Para este duelo, no entanto, o argentino não poderá contar com algumas de suas estrelas.

Isso porque os jogadores que disputaram a Copa das Confederações - entre eles Neymar, Daniel Alves, Xavi, Iniesta, Piqué, Pedro e Busquets- só se reapresentam na segunda-feira. Messi, por sua vez, deve entrar em campo, já que teve mais tempo de férias.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade