Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Brasileiro Série B - ( )

Nobre constata empenho e se diz ansioso para ver Valdivia em campo

William Correia São Paulo (SP)

Pelo que tem sido visto nos treinos, Valdivia deve estar em campo no sábado, contra o Oeste, em Presidente Prudente (SP), 114 dias após seu último jogo. Se sua escalação for confirmada, vai conter a ansiedade de um ilustre torcedor. Paulo Nobre apontou empenho do meia em voltar a jogar e não esconde sua expectativa por vê-lo atuando.

“Estou ansioso para que o Valdivia volte a estar em campo ajudando o Palmeiras”, disse o presidente, garantindo que o próprio chileno está com essa vontade. “A expectativa é muito grande da imprensa, da torcida, da diretoria, do time e do próprio jogador”, relatou o dirigente.

A última partida do camisa 10 foi em 14 de março, na vitória sobre o Paulista de Jundiaí. No dia seguinte, foi constatada uma lesão na coxa direita. O Mago voltaria no fim de maio, quando chegou a treinar normalmente, mas alegou sentir dores de novo logo após o clube vetar sua participação no amistoso entre Brasil e Chile – e ele já disse que a seleção é a sua prioridade na temporada.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Chileno foi titular em três dos quatro jogos-treino do time nesta pausa da Série B e deve atuar no sábado
Agora, Nobre é sincero ao admitir ser impossível precisar quando o atleta vai se machucar de novo. Mas ressalta sua vontade de jogar. “Não sou médico, não posso avaliar que a lesão não vai voltar, mas o trabalho foi muito sério e ele está muito, muito empenhado, treinando e se tratando, com muita vontade de voltar a campo.”

O mandatário ressalta que o meio-campista só não atuou antes por precaução. “Se houvesse necessidade, ele poderia ter voltado antes da parada para a Copa das Confederações. Mas avaliamos que não deveria, seria melhor aproveitar 30 dias para fortificar a musculatura do Valdivia”, apontou, sem poupar elogios.

“Com o Valdivia em forma, jogando o futebol que sabe, o Palmeiras é outro, como seria qualquer equipe no Brasil. Hoje, ele é um dos melhores em atividade no País. Não é só o Palmeiras, qualquer time teria expectativa pela sua volta”, comentou, sorrindo para demonstrar sua ansiedade para ver o jogador mais caro do elenco, enfim, em campo.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade