Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Para Claudinei, Peixe não merecia derrota: “Empate seria mais justo"

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

O técnico interino do Santos, Claudinei Oliveira, classificou como injusta a derrota de sua equipe para a Ponte Preta, por 1 a 0, na noite deste sábado, no Estádio Moisés Lucarelli. Na avaliação do treinador, o Peixe fez uma boa exibição e merecia ter saído com um resultado melhor de Campinas.

“O primeiro tempo foi igual, tivemos chances e a Ponte também. Sofremos um gol no início do segundo tempo, saindo no contra-ataque. O Aranha lançou, o zagueiro da Ponte (Diego Sacoman) ganhou do Giva na disputa, com um carrinho, e o Rildo fez o gol. Depois que eles saíram na frente, souberam administrar e tiveram méritos. Mesmo assim, tivemos chances de gol”, disse Claudinei.

O comandante santista valorizou o empenho dos seus atletas e acredita que o time praiano merecia, ao menos, ter conquistado um ponto jogando fora de casa. “Não faltou luta e empenho da nossa equipe. Pressionamos, tivemos algumas oportunidades criadas pelo Cicinho e o Montillo, que se entrosaram bem, mas não fizemos. Também tivemos vários escanteios. Acho que o mais justo seria o empate”, ponderou.

O Alvinegro Praiano interrompe a sua participação no Campeonato Brasileiro para disputar um amistoso internacional, contra o Barcelona, na próxima sexta-feira, no Camp Nou. A partida é válida pelo Troféu Joan Gamper, tradicional jogo de pré-temporada do Barça, e que faz parte das condições estabelecidas na negociação que levou o atacante Neymar para a Catalunha.

Pelo Brasileirão, o Santos só volta a atuar diante do Corinthians, no próximo dia 7, na Vila Belmiro, em confronto válido pela 12ª rodada da Série A.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade