Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Para Tite, jogo com o Atlético-PR deveria ter sido interrompido

Curitiba (PR)

O técnico Tite estava revoltado com o gramado encharcado da Vila Capanema no primeiro tempo do empate por 1 a 1 do Corinthians com o Atlético-PR, neste domingo. No vestiário, o gaúcho chegou a dizer que o árbitro Ricardo Marques Ribeiro agiu mal ao permitir que a partida proseguisse normalmente.

“Não deveríamos ter jogo. Ele precisava ter interrompido já no primeiro tempo. Não havia condições”, reclamou Tite. “Eu só ficava falando para os meus atletas levantarem a bola e chutarem para a frente, por causa das poças d’água. Assim, não dá. Eles até correram risco de lesão”, acrescentou o comandante.

Divulgação/Agência Corinthians
Campo encharcado incomodou Tite
De qualquer forma, Tite acredita que tenha conseguido fazer algumas observações sobre a equipe do Corinthians. “É possível ver a inteligência do atleta para levar vantagem nas circunstâncias do jogo, a capacidade de mobilização para enfrentar tudo isso após uma conquista”, disse, referindo-se à Recopa Sul-americana. “Tivemos um desempenho normal, mas era muito possível que estivesse abaixo do comum.”

O técnico culpou as condições do gramado também pelas alterações que fez no decorrer do jogo. Ele trocou um lateral esquerdo (Fábio Santos) por um direito (Alessandro), apesar de ter um atleta da posição (Igor) à disposição. No ataque, Alexandre Pato saiu machucado para a entrada de um meia (Douglas), enquanto Ibson ocupou a vaga de Romarinho.

“Os garotos são muito leves. Se boto em campo em um jogo de tanto contato físico, eles vão parar na arquibancada”, sorriu Tite. “Mas é por isso que falo para os atletas se prepararem sempre. É inevitável que todos sejam utilizados em um campeonato difícil como o Brasileiro.”

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade