Futebol/Mercado - ( )

Paulo Miranda fica para compensar saída de Rhodolfo ao Grêmio

Tossiro Neto São Paulo (SP)

O técnico Paulo Autuori falou pela diretoria do São Paulo depois da derrota para o Corinthians, na final da Recopa Sul-americana. E confirmou assuntos pendentes: Paulo Miranda não será mais vendido ao Olympique de Marseille, mas Rhodolfo já é do Grêmio.

A negociação de Paulo Miranda chegou a ser dada como certa, por 4,5 milhões de euros, por seu empresário. Em fase final de recuperação de fratura na mão esquerda, o beque viajaria nesta semana à França. O pedido do novo treinador e o fato de ter direito a apenas 20% do valor da transferência pesaram na decisão de não leva-lá adiante - é provável que o clube compre o restante dos direitos econômicos.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Autuori já não conta mais com o zagueiro Rhodolfo
Também contou a favor de sua permanência a saída de Rhodolfo. Seu companheiro de defesa, alvo da Juventus no passado e do Flamengo recentemente, acertou-se com o Grêmio. Ele nem foi relacionado para a partida contra o Corinthians, e o acordo deve ser anunciado oficialmente pela equipe gaúcha nesta quinta-feira.

No momento, além de Paulo Miranda, o setor tem Lúcio, Rafael Toloi, Esdon e os jovens Diego e Lucão, ambos promovidos das divisões de base. O clube tenta a contratação de outro jogador para a posição. O ex-corintiano Leandro Castán, agora na Roma, é um nome bem visto por Autuori. O prazo para contratações vindas do exterior se encerra na sexta-feira.

"No momento certo, temos que falar, sim, de qualificar o grupo, mas isso não é agora. Me permitam não falar agora de reforços, porque seria desviar completamente o foco do jogo de hoje (quarta-feira), em o que o adversário foi melhor do que nós", desconversou o treinador.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade