Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Presidente revela decepção com Diego Souza e não pensa em reforços

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, revelou nesta quinta-feira, que não pretende contratar um substituto para o armador Diego Souza, negociado com os ucranianos do Metalist. Para o dirigente, o armador não conseguiu corresponder as expectativas, apresentando um futebol abaixo do esperado, e que ele não vai deixar saudades.

“O Diego Souza é um excelente jogador, foi um investimento caro, era a maior esperança da torcida, mas ele não apresentou a mesma forma técnica que mostrou no Vasco, não chegou a atingir a plenitude. Nós condicionamos a vinda do Willian para o Cruzeiro. O Cruzeiro arrecadou quantia razoável e a qualidade técnica é melhor”, afirmou.

Para Gilvan Tavares, a chegada de Willian, envolvido na transação de Diego Souza deixa o elenco celeste qualificado e sem a necessidade de contratações no momento. “É normal a imprensa perguntar se com a venda de um jogador virão outros. Temos um nome e marca de vitórias, que faz com que todos queiram vir. Pagamos em dia e trouxemos para o plantel um número suficiente para disputar os títulos do ano”, disse.

O mandatário celeste deixa claro que Willian chega credenciado ao Cruzeiro, se gabando de ter feito ótimo negócio com os ucranianos. “Nessa transação, pleiteamos a vinda do Willian, que queria retornar ao Brasil. Acompanhamos a carreira dele no Figueirense e no Corinthians. Como é jovem, foi uma carreira meteórica. A saída do Diego Souza não vai ser sentida com a chegada desse atleta”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade