Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Prestes a completar um ano de Galo, Victor quer derrotar Newell's

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Herói da classificação do Atlético-MG para a semifinal da Libertadores, o goleiro Victor terá mais uma missão complicada nesta quarta-feira, diante dos argentinos do Newell’s Old Boys. O jogador terá que parar o ataque da equipe de Rosário, que aposta no poder ofensivo de Scocco para vazar o goleiro atleticano. Victor sabe que o Galo vai encarar pressão no estádio Marcelo Bielsa, mas o atleta afirma que sabe lidar com isso.

“Aqui sempre há muita pressão. Sabemos como funciona porque nossa torcida faz o mesmo em Belo Horizonte. Certamente a partida será difícil, o time deles vem muito bem na competição e passou de forma marcante por um rival do país na fase anterior. Mas nossa missão é manter a tranquilidade e colocar em prática o que foi treinado nesse período de preparação, não esquecendo que a decisão da vaga é em casa”, declarou.

Na próxima quinta-feira, Victor vai completar um ano defendendo as cores do Atlético-MG, e o jogador já se tornou um ídolo do torcedor alvinegro. Além das boas exibições, o goleiro será lembrado no Galo por muito tempo devido a defesa do pênalti contra o Tijuana-MEX, que garantiu a equipe mineira entre as quatro melhores da América.

“De forma simbólica, aquele lance passou a representar tudo o que vivi no Atlético-MG até hoje. Foi tudo muito intenso e especial. Principalmente pelo carinho da torcida desde que desci no aeroporto de BH. Mas quero mais. No futebol é preciso provar dia após dia, não adianta se agarrar no que você já conquistou. Penso em retribuir o reconhecimento com títulos, porque essa massa merece”, disse.

Bruno Cantini/Divulgação
O goleiro Victor está perto de completar um ano de Atlético-MG após deixar o Grêmio

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade