Futebol/Bastidores - ( )

Santos não vê problemas em promessa de comemoração por Neymar

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Maior ídolo do Santos nos últimos anos, o atacante Neymar irá fazer a sua estreia pelo Barcelona (Espanha) justamente no amistoso contra a equipe praiana, marcado para o próximo dia 2, no Camp Nou, e válido pelo Troféu Joan Gamper. Mas, apesar da forte ligação com o Peixe, a Joia prometeu comemorar caso balance as redes em seu primeiro jogo no time catalão. A declaração de Neymar foi recebida com normalidade do lado santista.

Para o técnico interino, Claudinei Oliveira, O novo camisa 11 do Barça não está errado. Neymar disse que o jogo será “como uma pelada com os amigos” e que “tem de comemorar, pois não tem falta de respeito algum”.

“Acho que não há nada para a gente se sentir ofendido. Se ele fizer gol, tem que comemorar. Respeito quem toma essa atitude (de não celebrar o gol contra ex-equipes), mas não tem necessidade, na minha opinião“, analisou Claudinei.

Apesar da distância para a data da partida contra o Barcelona, o comandante admitiu que os alvinegros esperam ‘estragar’ a festa de Neymar, em sua primeira exibição como jogador dos catalães.

“Sabemos que ele vai querer ganhar, mas nós também. Vamos fazer o possível para sair com a vitória”, destacou Claudinei Oliveira, em tom ameno, projetando o confronto que faz parte da preparação do Barça para a próxima temporada do futebol europeu.

Vale lembrar que o amistoso com os catalães foi uma condição combinada entre o Barcelona e o Santos, no contrato de venda do atleta. O acordo também prevê um duelo no Brasil, que ainda não tem data e nem local para ser realizado. Caso esse amistoso não seja disputado, independentemente do motivo, o Peixe receberá uma indenização de 4,5 milhões de euros (R$ 13,5 milhões).

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade