Futebol - ( )

Tite compara início de Pato ao de Danilo para pedir calma à torcida

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Tornaram-se rotineiras no Corinthians as entrevistas em que alguém sai em defesa de Alexandre Pato. Tite dificilmente se posiciona em frente ao microfone sem ser questionado sobre o atacante, que, até agora, mostrou muito menos do que dele se esperava no clube do Parque São Jorge.

Em sua última resposta sobre o assunto, o treinador fez uma observação interessante. Recordou que Danilo --- decisivo nas conquistas do Brasileiro de 2011, da Libertadores e do Mundial de 2012 e do Paulista de 2013 --- teve um 2010 péssimo, levando um ano e meio para virar titular do Timão.

“Um exemplo: o Danilo. Ele era questionado, havia uma inquietude. É preciso ter persistência para se sair um pouco melhor. O impacto da contratação trouxe uma visibilidade muito grande, mas ele não ganha nem perde jogo sozinho. O que tem nos feito ter sucesso é a engrenagem forte”, afirmou Tite.

Os demais argumentos usados pelo gaúcho foram os já bastante repetidos. Ele apontou que Pato, atrapalhado por várias contusões em suas duas últimas temporadas no Milan, “já jogou mais, já fez mais gols e já deu mais assistências do que no ano passado”. Foram nove bolas na rede em 29 participações.

Divulgação/Agência Corinthians
Alexandre Pato jogou mal contra o Galo, saiu vaiado e perdeu a chance de ficar no time (foto: Daniel Augusto Jr.)
“Não gosto de ser otimista nem de ser pessimista demais. Gosto de falar a situação real. A expectativa da torcida era outra exibição como a que ele fez contra o Bahia, um grande jogo, mas futebol não é assim. No caso dele, é todo um processo de retomada”, comentou o técnico.

Tite, por fim, pediu uma compreensão maior da Fiel, que aceita os gols perdidos, mas não se conforma com a atitude passiva do camisa 7 em campo. “Sei de todo o esforço que ele vem tendo, ele também precisa de ajuda do torcedor para retribuir e cumprir toda a expectativa em cima dele.”

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade