Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Valdivia 'vence' Eguren em treino com rodízio entre Charles e Kardec

William Correia e Bruno Ceccon São Paulo (SP)

O coletivo comandado por Gilson Kleina nesta quinta-feira mostrou que o técnico está satisfeito com o time. E também comprovou a boa fase de Valdivia. O chileno se destacou na atividade, dando trabalho para Eguren, e atuou em equipe que manteve André Luiz como titular ao lado de Henrique.

O capitão do Palmeiras cumpriu suspensão por acúmulo de amarelos na vitória sobre o Figueirense e retoma seu posto neste sábado, diante do Guaratinguetá, no Vale do Paraíba. A expectativa era de que Vilson, que jogou no fim de semana após três meses, continuasse atuando, mas André Luiz, autor de um gol em Florianópolis, segue entre os escalados.

O treinador atuou no começo da atividade com: Fernando Prass; Luis Felipe, Henrique, André Luiz e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Valdivia; Leandro e Denilson. Iniciaram entre os reservas: Bruno; Wendel, Vilson, Tiago Alves e Fernandinho; Eguren, Marcelo Oliveira, Mendieta e Ronny; Ananias e Alan Kardec.

Quem chamou atenção foi Valdivia. Com intensa movimentação, o camisa 10, que atuará em sua quarta partida seguida, foi marcado de perto por Eguren, e enganou o uruguaio com toques rápidos e dribles, dando dinâmica aos titulares, que terminaram o primeiro tempo vencendo por 2 a 0 – gols de Wesley e Leandro.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Técnico treinou com o time que venceu o Figueirense e, como no sábado, trocou Charles por Alan Kardec
Para o segundo tempo, Kleina trocou Charles por Alan Kardec, como já tinha feito no fim de semana. O centroavante entrou no intervalo da vitória sobre o Figueirense e mudou o time de forma positiva, inclusive cabeceando na trave a bola que Valdivia mandou no gol para garantir o triunfo por 3 a 2 e a liderança na Série B do Brasileiro.

A movimentação esteve como o treinador deseja, com Kardec como referência e Vinicius e Leandro soltos para se aproximar do ataque pelas pontas, mantendo revezamento com Valdivia. Vindo de trás, como segundo volante, Wesley manteve o desempenho das últimas partidas.

Charles nem terminou o treinamento, assim como Ronny e Vilson. Entraram no time suplente o zagueiro Marcos Vinicius, que nem tem sido relacionado e é um dos que estão à disposição para ser negociado, o meia-atacante Serginho, frequente entre os que saem do banco, e o lateral direito Ayrton, outro que não está se concentrando e deve sair do clube.

Alan Kardec só não deve ser titular porque ainda está sem as condições físicas ideais, por isso Henrique será, provavelmente, a única novidade entre os titulares. No banco de reservas, Eguren depende apenas da regularização de sua documentação para estar à disposição e estrear.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade