Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Vitória do Newell’s sobre ‘Dinho’ é exaltada na Argentina: ‘Colosal’

Rosário (Argentina)

Se no último final de semana a imprensa argentina se rendeu ao talento de Neymar, comandante da Seleção Brasileira para ganhar a Copa das Confederações sobre a Espanha, nesta quarta-feira as atenções ficaram voltadas para o triunfo do Newell’s Old Boys sobre o Atlético-MG por 2 a 0, no estádio Marcelo Bielsa.

Tratado como “colossal”, em referência ao Coloso del Parque, local que abriga o estádio rubro-negro, o diário Olé não poupou elogios aos comandados de Gerardo Martino. O feito dos leprososfoi ainda mais exaltado devido à badalação do Galo, liderado pelo astro Ronaldinho Gaúcho, apelidado de ‘Dinho’ pelos argentinos.

O camisa 10 do time mineiro, segundo o relato da publicação, apareceu mais ao cobrar mais ofensividade dos companheiros do que “com a magia que normalmente mostra” e com um voleio de esquerda que “parou nas tribunas”. Para o jornal, o craque brasileiro foi ofuscado pelas duas principais peças dos donos da casa na primeira partida da semifinal da Copa Libertadores da América.

O responsável por abrir o placar no estádio Marcelo Bielsa foi o maior ídolo da torcida nos últimos anos: Maxi Rodríguez. “La Fiera” mostrou oportunismo ao entrar nas costas da defesa atleticana e testar no contrapé de Victor para fazer as arquibancadas balançarem. Depois foi a vez de Ignacio Scocco, o “Messi de Newell’s”, explodir a torcida ao acertar boa cobrança de falta.

Reprodução/Olé
Atuação dos comandados de Gerardo Martino foi motivo de festa para a torcida e para a imprensa argentina

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade