Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

“Zumbi”, Tite inicia trabalho por novas conquistas no Corinthians

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Os titulares do Corinthians nem foram ao gramado do CT do Parque Ecológico nesta quinta-feira. Depois de ganhar a Recopa Sul-americana e festejar em uma casa noturna na madrugada, eles passaram rapidamente pela academia para um leve trabalho de recuperação física.

Emerson, Danilo e companhia nem viram Tite, que estava no campo já às 15h30, à espera dos reservas. Pensativo e com um semblante genuíno de cansaço que nada tinha a ver com a afetação de que frequentemente lança mão o gaúcho, ele caminhou sozinho durante cerca de 20 minutos.

“Ele está um zumbi”, comentou quem teve um contato mais próximo com o técnico, que agora acumula cinco títulos pelo Timão. Campeão de ao menos uma edição de todas as competições em que esteve à frente do Alvinegro desde seu retorno, em 2010, ele agora se concentra nos próximos objetivos, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro deste ano.

“É um momento importante para ele, é um cara que atingiu marcas impressionantes aqui no Corinthians e se tornou um dos técnicos mais vitoriosos do clube. Ele ficou refletindo bastante depois do jogo, não deve ter conseguido dormir direito”, comentou Edenílson.

Divulgação/Agência Corinthians
Tite passou um tempo sozinho depois de acumular cinco títulos no Timão e ultrapassar Osvaldo Brandão
O próprio lateral direito teve pouco descanso após a conquista, pois não há tempo. O Timão já tem jogo marcado para domingo, contra o Atlético-PR. “O negócio é trabalhar. Dormir foi difícil, a adrenalina fica na gente depois do jogo, ainda mais no caso do Tite, que tem de tomar as decisões”, disse o camisa 21.

Para Edenílson, motivar o grupo não será um problema para o gaúcho. Mesmo com títulos em todos os níveis de disputa nos últimos anos, os atletas do Timão asseguram que descansar em cima das glórias obtidas não será a atitude tomada na sequência do trabalho.

“A gente tem sempre que buscar títulos. A camisa que a gente veste é muito grande para ter acomodação. O perfil dos nossos jogadores não é assim, também não é assim o perfil do pessoal da comissão técnica. Vamos continuar lutando porque não estamos satisfeitos”, prometeu o lateral.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade