Futsal/Liga Futsal - ( - Atualizado )

Corinthians perde em Maringá e começa mal fase final da Liga Futsal

Maringá (PR)

Atual campeão paulista de Futsal, o Corinthians não começou bem a segunda fase da Liga Futsal. Acostumado com o apoio de sua torcida no Ginásio do Parque São Jorge, o Timão atuou em outro “caldeirão” nesta quinta-feira e foi derrotado. Diante do Maringá, o Alvinegro paulista enfrentou uma defesa bem postada e não segurou o poder ofensivo dos paranaenses, que venceram por 3 a 1 e largaram na frente pelo Grupo B.

No primeiro jogo da segunda fase, a torcida de Maringá fez sua parte nas arquibancadas e encheu o Ginásio Chico Neto para apoiar a equipe paranaense diante do Corinthians, um dos favoritos ao título da Liga Futsal. O incentivo fez com que a equipe local adotasse uma postura diferente, pressionando o segundo colocado da primeira fase desde o apito inicial.

Diante de um “caldeirão”, o Corinthians não começou bem e viu o Maringá abrir o placar logo aos oito minutos do primeiro tempo. Depois de criar boas chances para sair na frente, o time paranaense tocou bem a bola no campo de ataque e encontrou Lambari no meio da área. O jogador mostrou rapidez e fez o primeiro dos anfitriões.

O gol deixou o Corinthians mais ligado no jogo, e os favoritos ao título nacional passaram a chegar ao ataque com mais intensidade. Sem pontaria, no entanto, o Timão abria espaço para os contra-ataques, e o Maringá não deixava de oferecer perigo, mesmo sem o domínio do jogo, que já era dos visitantes antes mesmo do intervalo.

O início do segundo tempo mostrou um Corinthians que tentava se impor em quadra e até chegou a carimbar o travessão com Simi. Na sequência, porém, o Maringá foi objetivo e ampliou a vantagem no jogo. Logo aos dois minutos, Mauricinho recebeu na esquerda, sem marcação, bateu no alto e fez o segundo dos anfitriões.

A desvantagem ainda maior obrigou o Corinthians a sair para o ataque e, no minuto seguinte ao gol, Simi perdeu uma chance incrível, sem goleiro, quando a zaga do Maringá bloqueou o chute dentro da área. Nas arquibancadas, a torcida paranaense seguia animando sua equipe e o jogo ficou ainda melhor para os minutos finais.

Com os quatro jogadores atrás da linha da bola, o Maringá se fechou na defesa e mostrou uma boa marcação diante do Corinthians. Quando a zaga falhava, e o Timão conseguia chutar ao gol, o arqueiro Danilo garantia a vantagem paranaense, fazendo a torcida vibrar a cada defesa complicada.

A pressão dos corintianos deu resultado. Com pouco mais de três minutos para o apito final, Bruno Souza descontou para o Timão e colocou a equipe alvinegra novamente no jogo. O time paulista usou o goleiro linha, mas não soube aproveitá-lo e acabou sofrendo o terceiro gol. Edu, sem goleiro, colocou para o fundo das redes e garantiu o triunfo do Maringá.

Ainda no Grupo B da segunda fase, o mesmo de Maringá e Corinthians, o Carlos Barbosa abriu a primeira rodada vencendo o Atlântico Erechim por 6 a 2, assumindo a liderança da chave. Com a vitória desta quinta-feira, a equipe paranaense tem a mesma pontuação dos líderes, mas perdem no saldo de gols.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade