Atletismo - ( - Atualizado )

Em meio a polêmica lei antigay, atletas russas se beijam

Moscou (Rússia)

Uma cena bastante inusitada marcou o Mundial de Atletismo de Moscou, no último sábado. Atletas do revezamento 4x400m da Rússia, Kseniya Ryzhova e Tatyana Firova se beijaram na pista e, mais tarde, no pódio, depois de ganharem a prova, superando a equipe dos Estados Unidos.

O episódio se dá logo em meio à polêmica da lei aprovada no país proibindo as propagandas que promovam a homossexualidade. Assim, o gesto das atletas pode ser interpretado como uma forma de protesto, como circula na imprensa internacional. Entretanto, na Rússia, o beijo é uma tradição comum, um sinal de afeto entre amigos e família, por exemplo.

Nesta semana, Yelena Isinbayeva, atleta do salto com vara, deu declarações apoiando a lei antigay aprovada em seu país, defendendo os costumes russos, e, por ter adotado essa postura, ela acabou sendo alvo de críticas. Porém, na sequência, Isinbayeva justificou as suas declarações e disse que foi mal interpretada, falando que se opõe a qualquer tipo de discriminação em relação à comunidade gay.

AFP
Kseniya Ryzhova e Tatyana Firova se beijaram antes e depois de ganharem o ouro no revezamento 4x400m

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade