Mais Esportes/Atletismo - ( - Atualizado )

“Ouros em 2016 me colocarão no patamar de Ali e Pelé”, diz Bolt

Moscou (Rússia)

O bicampeonato olímpico nos 100m, 200m e 4x100m parece não ser o suficiente para Usain Bolt. Considerado uma lenda viva do atletismo, o jamaicano acredita que pode ir ainda mais longe e sonha em repetir as conquistar nos Jogos do Rio-2016 para deixar seu nome marcado de vez no esporte mundial.

“Se eu ganhar as três medalhas de ouro significa que eu estarei que estarei no nível de lendas como Muhammad Ali e Pelé. Então, estou preparado para trabalhar duro e fazer todos os sacrifícios necessários. Eu posso fazer isso”, disse o jamaicano ao jornal inglês The Guardian.

Bolt está prestes a disputar o Mundial de Atletismo de Moscou, na Rússia. Além do favoritismo natural, ele não terá a concorrência de Tyson Gay e Asafa Powell, suspensos por doping, e do compatriota Yohan Blake, lesionado. Com isso, Bolt se preocupa em garantir espetáculo à torcida russa.

“Quero fazer algo especial em Moscou. Lógico que isso depende da pista, do tempo e algumas outras coisas. Tenho que usar minha técnica da maneira correta para ter um início bom, aí tudo é possível. Eu quero correr rápido e mostrar de novo ao mundo tudo que posso”, conclui.

AFP
Usain Bolt acredita que pode se igualar a Pelé e Muhammad Ali na história do esporte mundial

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade