Atletismo/Olmpíadas de Inverno - ( - Atualizado )

Sebastian Coe rejeita boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno-2014

Moscou (Rússia)

O britânico Sebastian Coe, presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Londres-2012, rejeita a possibilidade de boicotar a edição de inverno do evento, a ser realizada em Sochi-2014. Há que defenda o esvaziamento do campeonao em função de legislação russa que restringe os direitos dos homossexuais.

“Eu sou contra boicotes. Acho que eles não conseguem atingir o que se propõem e prejudicam apenas um grupo, os atletas”, declarou Coe, integrante do Conselho da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), durante a disputa do Mundial de Moscou.

O britânico conquistou a primeira de suas duas medalhas de ouro olímpicas nos 1.500m dos Jogos Olímpicos de Moscou-1980, boicotado pelos Estados Unidos. Na ocasião, o então fundista também rejeitou a proposta de esvaziar o evento em função da invasão soviética no Afeganistão.

“Eu pensei que viajar a Moscou em 1980 era a coisa certa a se fazer e 10 anos depois vimos as mudanças”, comentou Coe, que em 1984 defendeu seu título nos 1.500m com sucesso nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, boicotado pelos soviéticos.

AFP
Sebastian Coe voltou ao Estádio Olímpico de Moscou, sede de seu triunfo em 1980. Crédito: Kirill Kudryavtserv
Assim como Sebastian Coe, David Cameron, primeiro-ministro britânico, rejeitou um possível boicote aos Jogos Olímpicos de Sochi. Para ele, a melhor maneira de combater o preconceito contra os homossexuais é viajar normalmente à Rússia e disputar o evento.

 

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade