Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

América-MG perde os volantes China e Doriva por cerca de seis meses

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O América-MG perdeu os volantes China e Doriva para os próximos seis meses. Os dois jogadores sofrerem graves lesões no joelho e passarão por cirurgia na próxima semana. De acordo com o médico do clube, Cimar Eustáquio, os atletas tiveram ruptura no ligamento anterior e lesão no menisco medial, ambos no joelho direito.

“Conversei com os atletas depois de analisar os exames de imagens, para programarmos as cirurgias. As lesões são praticamente iguais. Marcamos a cirurgia do China para a próxima segunda-feira e a do Doriva, para a quarta”, disse Cimar Eustáquio, que projeta a recuperação dos atletas em seis meses.

“São casos parecidos com o do Alessandro. Portanto, a previsão é de seis meses, para que eles sejam liberados do departamento médico. Depois ainda tem o período de recuperação física, para a volta definitiva ao futebol”, explicou.

China sofreu a contusão na semana passada, durante um treino no CT Lanna Drumond, enquanto Doriva se machucou no jogo contra o Atlético-GO, no Serra Dourada. Além dos dois jogadores, o Coelho ainda tem o atacante Tiago Alves no departamento médico.

“O Tiago Alves sofreu uma forte torção no tornozelo direito, do lado interno do pé. O tratamento está evoluindo bem, mas ainda serão necessários pelo menos mais quatro semanas”, prevê o médico americano. O atacante se contundiu no início do jogo contra o América-RN, realizado no Independência.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade