Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Após demonstrar insatisfação, Suárez é punido e treina separadamente

Liverpool (Inglaterra)

Insatisfeito pela relutância do Liverpool em não negociá-lo, o uruguaio Luis Suárez treinou separado do restante do grupo da equipe inglesa nesta quinta-feira. O treinador do Liverpool, Brendan Rodgers, explicou, após a atividade, a decisão de “castigar” o atacante.

“Tem sido uma falta de respeito total por um clube que o tem dado tudo. Obviamente os comentários que tenho lido são amargamente decepcionantes, mas meu trabalho vai além disso”, declarou o técnico dos Reds.

Rodgers desmentiu Suárez, que afirmou ter feito um acordo na última temporada para deixar o Liverpool caso o time da cidade dos Beatles não se classificasse para a Liga dos Campeões.

“Não há nenhuma promessa, categoricamente nenhuma, e nenhuma promessa quebrada”, afirmou o treinador.

AFP
No último contrato firmado entre Suárez e Liverpool constaria uma cláusula de rescisão no valor de 40 milhões de libras (R$ 142,5 milhões)
Real Madrid e Arsenal são apontados como os principais interessados na contratação de Suárez. O clube de Londres, inclusive, formalizou uma oferta no valor de 35 milhões de euros (R$107 milhões), mas teve a proposta recusada. Segundo a imprensa britânica, o Liverpool espera embolsar 47 milhões de euros (cerca de R$ 143,6 milhões) pela venda do jogador.

Um dos destaques do Uruguai na Copa do Mundo de 2010, Luis Suárez chegou ao Liverpool em janeiro de 2011, contratado por 26,5 milhões de euros (R$ 81 milhões) em negociação com o Ajax. Desde então, o atacante se tornou um dos principais jogadores e líderes da equipe britânica. Na última temporada, disputou 44 partidas, sendo 40 como titular, e marcou 30 gols.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade