Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Cadeirante faz visita e ganha blusa utilizada por Valdivia em treino

William Correia São Paulo (SP)

Um palmeirense que sofreu microlesão no cérebro realizou um sonho que, ao mesmo tempo, virou motivação entre os jogadores. Visitante na Academia de Futebol nesta quinta-feira, Lucas Duó, de 18 anos, foi surpreendido quando jogadores carregaram sua cadeira de rodas para tirar fotos e abraçá-lo e, no fim do dia, ainda recebeu um presente de seu maior ídolo.

Ao terminar a atividade, Valdivia abraçou o garoto e lhe cedeu o moletom com o qual treinou. “Fica com você para te deixar quentinho”, disse o chileno, trocando sinais com o polegar da mão, demonstrando alegria pela felicidade que gerou em seu fã.

Horas antes, incentivados por Gilson Kleina, Leandro, Vinicius e Wendel foram buscar Lucas. Surpreso, o palmeirense tirou foto entre os outros jogadores e fez questão de agradecer ao treinador. “Você é um batalhador. Vai realizar seu grande sonho porque merece”, disse o técnico, para alegria do cadeirante.

“Meus jogadores preferidos são Valdivia, Leandro, Alan Kardec e Fernando Prass”, contou Lucas, que esteve no Anacleto Campanella para ver a vitória sobre o São Caetano na terça-feira e mostrou conhecimento da equipe, citando Charles, de volta de suspensão, e Valdivia, poupado no ABC, como novidades para o jogo de sábado, contra o Paraná, no Pacaembu.

Embora tenham realizado o sonho de um torcedor, os atleta avisaram que o próprio Lucas serviu de ajuda na luta para recolocar o time na primeira divisão nacional. “A presença desse menino nos motiva muito. Foi muito importante para todos os jogadores. Espero dar uma alegria a ele no sábado conquistando a vitória”, falou Mendieta.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Lucas Duó, que teve microlesão no cérebro, idolatra Valdivia e foi presenteado pelo chileno depois do treino

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade