Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Cássio brinca sobre convocação polêmica antes de reencontrar Mano

Marcos Guedes São Paulo (SP)

A partida de domingo terá muitos reencontros entre ex-flamenguistas do Corinthians e ex-corintianos do Flamengo. Um deles será do goleiro Cássio com o técnico Mano Menezes, que não chegaram a trabalhar juntos em preto e branco. O convívio deles foi no Grêmio e na Seleção Brasileira.

O camisa 12 alvinegro disse ser grato ao atual comandante rubro-negro, seu primeiro treinador em uma equipe profissional. E mostrou um bom humor que não escondeu a mágoa por sua convocação para o time nacional, em setembro do ano passado, ter sido ligada ao fato de seu empresário, Carlos Leite, ser também o agente de Mano.

“Foi com o Mano que subi aos profissionais, eu me lembro de que o Grêmio estava na segunda divisão. Eu sempre me dei muito bem com ele, tenho um respeito muito grande. A gente se reencontrou na Seleção porque temos o mesmo empresário. Ele me convocou por causa do meu empresário”, sorriu, sarcasticamente.

Divulgação/Agência Corinthians
Cássio tem o mesmo empresário de Mano e recordou com rancor as críticas por sua convocação
Cássio disse ter conversado bastante com o treinador recebido conselhos durante o tempo em que conviveram em Porto Alegre. Ele elogiou bastante o antigo chefe e evitou comparações com seu atual comandante, Tite, com quem conquistou títulos importantes.

“São situações diferentes, porque joguei muito pouco com o Mano. Mas aprendi com os dois, venho aprendendo ainda. São dois grandes treinadores. Um já treinou a Seleção e grandes clubes. O outro está em um grande clube por um longo tempo. Eles têm o respeito dos jogadores”, concluiu o goleiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade