Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Com contrato no fim, são-paulino não imagina Série B em 2014

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Reinaldo chegou ao São Paulo emprestado até o fim do ano e sem muita perspectiva de atuar, já que enfrentaria a concorrência de Juan, recém-reintegrado, de Clemente Rodríguez, argentino ex-Boca Juniors. Pouco depois, tornou-se a primeira opção da lateral esquerda.

Questionado se terá vontade de seguir no clube mesmo com um eventual rebaixamento para a segunda divisão, o jogador mostra estar focado apenas na reação da equipe, que não vence há 12 rodadas e ocupa o penúltimo lugar do Campeonato Brasileiro.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Reinaldo se tornou primeira opção na esquerda
"Não estou muito por dentro ainda desse negócio de contrato, até porque estou focado em jogar, em me manter no time. Depois, a gente conversa. Não penso nem em jogar a Série B em 2014, porque o São Paulo tem muita força, e a gente vai sair dessa situação", aposta.

"Essa situação vai passar. O primeiro objetivo é voltar a vencer para sair da zona de rebaixamento e, depois, almejar muitas coisas ainda nesse Brasileiro", acrescenta o lateral, que ganhou a vaga contra o Corinthians, antes da excursão pelo exterior e, desde então, tem se mantido.

"Você tem que estar preparado sempre para quando acontecer algum imprevisto com o titular da posição. Vim preparado e, quando tive a oportunidade, agarrei com muita força", justifica. "Ajudei no clássico e também lá fora. Infelizmente, não deu muito certo em alguns jogos, mas é isso aí. Trabalhando, a gente evolui".

Pelos treinos durante a semana, Reinaldo será titular também no domingo, diante do Fluminense, no Morumbi. O elenco, porém, ainda faz mais dois trabalhos no CT da Barra Funda.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade